Agronegócio registra maior participação no saldo de empregos de MT
CI
Agronegócio

Agronegócio registra maior participação no saldo de empregos de MT

Setor foi responsável por 25,7% dos empregos mantidos
Por:
O agronegócio foi responsável por 25,7% dos empregos mantidos no mercado em Mato Grosso durante o ano. O setor registrou saldo de 13.054 trabalhadores, resultado das 78.341 admissões e 65.287 demissões.

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quarta-feira (17) pelo Ministério de Trabalho e Emprego (MTE) mostram ainda que, entre janeiro a setembro, foram mantidos 50.755 trabalhadores ocupados no estado. As contratações de empresas mato-grossenses de todos as atividades, que foi de 361.321, superaram as demissões, de 310.566.


Em setembro o setor da pecuária e agricultura registrou saldo de 452 empregos. Foram contratados 7.789 trabalhadores e demitidos 7.337. Neste mesmo mês, em 2011, foram admitidos 7.359 e desligados 7.810 pessoas, pontuando com saldo negativo de 451 empregos.


No país, a Agricultura, por motivos sazonais, foi o único setor que registrou queda no emprego (-19.014 postos ou -1,13%), indicando, porém, uma redução na queda, comparativamente ao resultado de 2011 (-20.874 postos ou -1,21%).

O Brasil registrou um crescimento de 0,39% no estoque de empregos formais do País, com geração de 150.334 postos de trabalho com carteira no mês de setembro, mantendo a trajetória de expansão do emprego observada nos últimos anos. No acumulado do ano, ocorreu expansão de 4,15% no nível de emprego, equivalente ao acréscimo de 1.574.216 postos de trabalho.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink