Agrônomo gaúcho desenvolve indicadores de sustentabilidade para a produção do trigo
CI
Agronegócio

Agrônomo gaúcho desenvolve indicadores de sustentabilidade para a produção do trigo

O projeto visa auxiliar no planejamento da cadeia produtiva do trigo, aumentando, assim, a competitividade do produto nacional
Por: -Renata
O agrônomo e pesquisador da Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Genei Antonio Dalmago, desenvolve projeto para o estabelecimento de indicadores de sustentabilidade para a produção do trigo, integrando três importantes aspectos: econômico, social e ambiental. O projeto visa auxiliar no planejamento da cadeia produtiva do trigo, aumentando, assim, a competitividade do produto nacional.

Denominado Indicadores de sustentabilidade para o trigo na Região Sul do Brasil, o projeto tem como desafio integrar conhecimentos dos sistemas de produção de trigo como, por exemplo, manejo do solo, da água e da ecologia do cultivo, de forma multidisciplinar em um contexto sistêmico, privilegiando não só o aspecto econômico, mas, também, as questões ambientais e sociais. Visa também estabelecer parâmetros para garantir a sustentabilidade alimentar das gerações futuras, com uma produção de alimentos mais limpos, livres de resíduos de agrotóxicos e com baixos impactos ambientais. Do ponto de vista produtivo, consiste em melhorar o aproveitamento dos recursos naturais existentes, por meio da união de disponibilidades ambientais, das necessidades das culturas e da expectativa do agricultor.

Segundo o agrônomo, por meio destes indicadores é possível estabelecer critérios sociais, econômicos e ambientais que, quando corretamente articulados, poderão ser utilizados como uma ferramenta para subsidiar políticas públicas direcionadas ao fomento, financiamento, seguro agrícola e transferência de tecnologias em trigo no Brasil.

Dalmago foi aluno da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul, onde concluiu o curso de graduação em agronomia e o mestrado em Produção Vegetal. Cursou doutorado e pós-doutorado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Porto Alegre, no Programa de Pós Graduação em Fitotecnia na linha de pesquisa de Agrometeorologia. Sua formação, sempre com ênfase em Agrometeorologia e o trabalho que tem desenvolvido nessa área fez com que o agrônomo fosse contemplado com o Prêmio Fundação Bunge 2008, na área de Agrometeorologia, categoria juventude.

Atualmente, trabalha como pesquisador da Embrapa Trigo, em Passo Fundo, onde colabora em diversos outros projetos, como o Desenvolvimento de Métodos de Estimativas de Risco Climático para Culturas Energéticas, cujo principal objetivo é a definição de parâmetros para estabelecer as melhores áreas (regiões) e época de cultivo, ampliando as opções de culturas para a produção de grãos.

"Não esperava ser contemplado com este importante prêmio. Fiquei muito feliz quando soube, pois é um grande estímulo para mim como profissional, além de ser um incentivo a busca constante do conhecimento", afirma Dalmago. Segundo o agrônomo, receber um Prêmio como este é uma honra, uma vez que diversos profissionais importantes, já foram agraciados com prêmio. As informações são de assessoria de imprensa da Fundação Bunge..

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.