AgRural estima área de soja maior que Conab

Agronegócio

AgRural estima área de soja maior que Conab

O plantio com a oleaginosa deve ficar em 22,5 milhões de hectares, 1% abaixo em relação ao projetado na primeira estimativa
Por:
77 acessos

A segunda estimativa da AgRural de área plantada com soja na safra brasileira 2007/08 mexeu pouco com os números divulgados em julho. Segundo o novo levantamento, finalizado em 10 de outubro, o plantio com a oleaginosa deve ficar em 22,5 milhões de hectares, 1% abaixo em relação ao projetado na primeira estimativa (22,8 milhões de hectares). Na comparação com a temporada 2006/07, quando foram semeados 21,3 milhões de hectares, segundo a AgRural, o acréscimo é de 6%. Quando comparado com a estimativa da Conab para o ano passado, porém, o salto no plantio de soja neste ano é de 9%, já que o órgão projetou a área da soja no ciclo passado em 20,7 milhões de hectares.

A área da AgRural também é maior que a projeção da Conab para este ano (21,2 milhões de hectares). Esse é o motivo que coloca a produção da agência para 2007/08 em 62,8 milhões de toneladas, contra 59,4 milhões de toneladas da Conab. Para a produtividade, a AgRural manteve a tendência estatística de 46,4 sacas por hectare já que, apesar da previsão de La Niña, ainda é cedo para fazer prognósticos. O pequeno ajuste promovido pela AgRural decorre do corte nas estimativas de área para o Rio Grande do Sul e Goiás/Distrito Federal. Em ambos os casos, a redução é fruto da aposta dos produtores no milho e, especificamente em Goiás, na cana-de-açúcar. Vale destacar que, no caso gaúcho, a opção pelo milho se explica pelo fato de os produtores não poderem plantar a safrinha.

Para os dois maiores produtores, Mato Grosso e Paraná, a AgRural manteve os mesmos números de julho. A manutenção da área paranaense também tem a ver com o milho. Devido à dificuldade de plantar o cereal, em função da seca que castigava o estado, e ao fato de as regiões norte e, principalmente, oeste poderem plantar a safrinha, os produtores paranaenses estão deixando o milho de lado para plantar a soja. As informações são da AgRural.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink