AL: Mais Pasto reinicia atividades presenciais
CI
Imagem: Marcel Oliveira
AGROPECUÁRIA

AL: Mais Pasto reinicia atividades presenciais

As atividades presenciais do Programa Mais Pasto foram reiniciadas nesta segunda-feira, 26
Por:

As atividades presenciais do Programa Mais Pasto foram reiniciadas nesta segunda-feira, 26. Pecuaristas se reuniram na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas –, em Maceió, para uma capacitação sobre utilização estratégica de reservas forrageiras, gestão de pessoas na pecuária e utilização de herbicidas em pastagens de maneira eficiente. A aula foi ministrada pelo engenheiro agrônomo e consultor do programa, André Sório.

“Em todos os encontros do Mais Pasto, são tratados temas relacionados ao manejo de gado, manejo de pasto e à gestão da fazenda pecuária. Além disso, durante as semanas das capacitações nós visitamos diversas propriedades que fazem parte do programa, como forma de supervisionar o trabalho dos técnicos, que estão todos os meses com os proprietários, e, principalmente, para tirar dúvidas, in loco, que esses proprietários tenham sobre todo o conhecimento que é passado por meio das capacitações. Portanto, a capacitação funciona como uma melhoria do entendimento do pecuarista sobre o negócio agropecuário e assistência técnica é um apoio que o Senar dá para que ele se sinta mais confiante em implantar as mudanças em sua propriedade”, explica Sório.

Iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar Alagoas – em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas – Faeal –, o Mais Pasto é voltado para pequenos e médios pecuaristas. “O programa une capacitações periódicas, consultorias coletivas e assistência técnica mensal nas propriedades. Este é um projeto pioneiro, voltado para a organização, gestão e melhoramento de controles, formação de pastagem, rebanho e manejo, e vem mudando a pecuária alagoana para melhor”, ressalta a coordenadora de Assistência Técnica e Gerencial do Senar Alagoas, Luana Torres.

O engenheiro agrônomo Ricardo José Medeiros Rocha cria gado nos municípios de Murici e União dos Palmares. Depois de testemunhar os excelentes resultados produzidos pelo Mais Pasto na fazenda do cunhado, ele decidiu participar do programa. “Eu vi que a produtividade aumentou, meu cunhado criava 300 cabeças e hoje cria 600, graças às divisões e os piquetes que eles fazem. O pasto está todo uniforme. Eu só não havia começado ainda no programa por conta da pandemia, mas, se Deus quiser, vou seguir adiante agora. Isso será muito bom para que eu possa produzir, em uma área menor, o que não conseguia produzir antes”, comenta.

Inscrições

As inscrições para o Mais Pasto estão abertas. Para participar, o pecuarista precisa ter propriedade localizada no estado de Alagoas, estar em dia com a contribuição sindical rural e efetuar o pagamento da taxa de inscrição no programa. Para mais informações, basta ligar para (82)3217-9826, das 8h às 14h (falar com a coordenadora de Assistência Técnica e Gerencial do Senar Alagoas, Luana Torres) ou enviar e-mail para luana@senar-al.org.br.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink