Algodão: dólar favorece preços internos, mas 2017 pode ter cenário delicado em Mato Grosso

Agronegócio

Algodão: dólar favorece preços internos, mas 2017 pode ter cenário delicado em Mato Grosso

As oscilações positivas do dólar trouxeram reflexos favoráveis aos preços internos da pluma de MT
Por:
332 acessos

As oscilações positivas do dólar na última semana trouxeram reflexos favoráveis aos preços internos da pluma de Mato Grosso, “compensando” parte do recuo nas cotações de Nova York. A avaliação é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária. E, segundo os especialistas, com grande parte da comercialização da safra disponível já realizada, muitos cotonicultores voltam, agora, suas atenções para as cotações da nova safra.

De acordo com o instituto, neste momento, a paridade de exportação para julho de 2017 aponta para um preço médio próximo a R$ 80/@ em Mato Grosso, sendo este valor abaixo do ponto de equilíbrio da safra 16/17, de R$ 87,30/@. Conforme o Imea, quando observa-se a nova projeção realizada na última semana pelo USDA para o preço médio internacional da pluma em 2017 o cenário se torna “ainda mais delicado devido a expectativa de preço médio próximo a ¢US$ 64/lp, o que poderia recuar a paridade para patamares abaixo de R$ 74/@, considerando o valor dólar atual”. Para o instituto, caso este cenário se confirme, a importância do câmbio nas cotações internas poderá ser elevar no próximo ano, o que aumenta o risco da nova safra em Mato Grosso. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink