Algodão: qualidade superior da fibra e maior produtividade
CI
Agronegócio

Algodão: qualidade superior da fibra e maior produtividade

Variedade FiberMax 910 chega ao mercado como uma opção atrativa de alta tecnologia que beneficia cotonicultor brasileiro
Por: -Janice

Alto potencial produtivo e elevada qualidade da fibra no final da safra. Estas características, tão esperadas pelos produtores de algodão e muito valorizadas pelas indústrias têxteis do mundo, são os diferenciais proporcionados pela nova variedade de algodão da Bayer CropScience: FiberMax 910. O produto é uma opção muito atrativa que pode contribuir para o aumento de produtividade e de qualidade da fibra, proporcionando mais rentabilidade ao cotonicultor no final da safra.

A variedade de algodão FiberMax 910 foi desenvolvida por meio de genética tradicional de alta tecnologia, que envolve o processo de cruzamento e seleção das melhores linhagens de algodão. O FiberMax 910 é resultado de um desses processos, sendo uma variedade convencional de semente de algodão adaptada para atender às necessidades dos cotonicultores brasileiros.

Durante a safra 2006/2007, foram realizados diversos ensaios de competição de variedades nas regiões do Goiás, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo, e os resultados de produtividade do FiberMax 910 foram expressivos, proporcionando maior produtividade com alta qualidade da fibra. Na safra atual foi montada uma série de áreas demonstrativas nas principais regiões produtoras de algodão para promover a nova variedade e os resultados preliminares confirmam os bons resultados da safra anterior.

Em Goiás, os administradores do Grupo JHS, que há dois anos já vinha atingindo ótimos resultados com a variedade FiberMax 993, surpreenderam-se com o aumento de produtividade proporcionado pela semente FiberMax 910. De acordo com o gerente responsável pela produção, Elias Hill, a previsão é de aumentar ainda mais a produção nas próximas safras. “Além do crescimento em produtividade, a qualidade da fibra tem se mostrado excelente, com uma resistência à virose que nos dá grande tranqüilidade”, afirma.

Boas expectativas para o FiberMax 910 também para o produtor e proprietário da Fazenda Sete Povos, no município baiano de São Desidério, Marcelino Flores de Oliveira. De acordo com o produtor, além de ser uma nova opção para os produtores de algodão, o FiberMax 910 deverá atender bem às necessidades da região. "Na utilização da nova variedade obtive a produtividade de 390 arrobas, que era a meta da Sete Povos, e ainda com qualidade final", comenta.

A semente FiberMax 910 tem como principais características agronômicas o alto potencial produtivo, o alto rendimento de fibra (41 a 43%), resistência à doença azul, transmitida pelo pulgão que é considerado uma das principais pragas que afetam a cultura no Brasil; resistência à bacteriose, uma doença de difícil controle; e uma arquitetura de planta moderna que facilita o manejo e a colheita mecânica.

“A variedade FiberMax 910 demonstrou ser uma variedade muito produtiva e com um alto rendimento de fibra, acima de 40%. Além disso, possui uma boa estrutura de planta e por ser de ciclo médio será uma excelente opção para os plantios intermediários. Esses fatores são essenciais para uma produtividade significativa e de qualidade superior de pluma”, afirma consultor da Ceres Consultoria, Guilherme Ohl, de Primavera do Leste/MT. O consultor destaca ainda que a nova variedade da Bayer CropScience tem grande potencial para proporcionar a alta produtividade que o cotonicultor tanto busca.

Além dos diferenciais agronômicos, o produto se destaca pelas características intrínsecas da fibra proveniente das variedades FiberMax. Entre elas estão o comprimento da fibra, de 28 a 32 milímetros; a uniformidade deste comprimento, que pode variar entre 83 e 85%; a resistência de 28 a 32 gf/tex (grama força têxtil); e o micronaire de 3,8 a 4,4 ug/pol (micrograma por polegada). Estas características são altamente desejáveis pela indústria têxtil mundial.

Para o coordenador da área de sementes de algodão da Bayer CropScience, Warley Palota, o produtor poderá obter excelentes resultados ao optar pela variedade FiberMax 910. “O mercado busca cada vez mais o que há de melhor no segmento do algodão e a escolha da semente e da variedade é fundamental para se obter não só alto índice de produtividade, mas também fibra de alta qualidade. A variedade FiberMax 910 chega para proporcionar aos produtores brasileiros, que são altamente tecnificados, a possibilidade de superar seus recordes de produtividade, sempre associados à alta qualidade da fibra produzida. Isso faz toda a diferença na hora de negociar a produção e que pode trazer mais rentabilidade ao cotonicultor”, destaca.

O lançamento do FiberMax 910, que vem para somar às demais variedades da família FiberMax (993, 977 e 966), será acompanhado por diversas ações voltadas ao cotonicultor, como palestras, dias de campo e áreas demonstrativas nas principais regiões produtoras de algodão. As informações são da assessoria de imprensa da Bayer CropScience.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.