Algodão: valorização global da fibra faz a Índia renegociar exportação
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)


Agronegócio

Algodão: valorização global da fibra faz a Índia renegociar exportação

O país quer aumentar em 10% a produtividade com relação ao ano passado
Por:
105 acessos

Notícias Agrícolas - A escassez de algodão nos estoques faz o produto se valorizar no mundo, quando nesta segunda-feira (20), traders indianos tentam renegociar com compradores estrangeiros, principalmente na China e no Paquistão, os contratos de exportação de algodão firmados em agosto.

Segundo autoridades da Índia, perdas na safra do Paquistão e as ofertas apertadas incentivaram os exportadores a buscar preços até 15% maiores aos dos acordos de embarque assinados no mês passado no valor de 80 cents e 89 cents por libra-peso.

No início do mês, a Índia anunciou que suspenderia a restrição dos embarques somada a uma tarifa de exportação, impostas em abril a fim de ampliar as ofertas locais. No entanto, o Governo prorrogou a data para que as traders começassem a registrar os contratos entre 15 de setembro a 1º de outubro deste ano. Caso os registros sejam novamente adiados, os contratos que em sua maioria são para entrega em novembro e dezembro poderão ser atrasados.

O país quer aumentar em 10% a produtividade com relação ao ano passado, produzindo um volume recorde de 32,5 milhões de fardos com 170 quilos cada na safra 2010/11 já que a expansão das áreas produtivas e às chuvas de monções colaboram para isso.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink