ALGODÃO/CEPEA: com agentes afastados do mercado, comercialização segue lenta

Algodão

ALGODÃO/CEPEA: com agentes afastados do mercado, comercialização segue lenta

Ritmo de comercialização de algodão em pluma continua bastante lento no Brasil
Por:
74 acessos

O ritmo de comercialização de algodão em pluma continua bastante lento no Brasil, visto que boa parte dos agentes consultados pelo Cepea se afastou do mercado para as festas de final de ano. Além disso, neste mês, vendedores têm priorizado as entregas dos contratos realizados anteriormente, também influenciando a liquidez.

Nos poucos negócios em andamento, o interesse de compra se mostra levemente mais evidente que o de venda, o que acabou sustentando as cotações no mercado interno nos últimos dias. Com a desvalorização da pluma no mercado internacional, algumas tradings ativas disponibilizam lotes no spot, mas a preços superiores aos ofertados por compradores. Comerciantes consultados pelo Cepea, por sua vez, continuam com dificuldade em alinhar preço e qualidade. Agentes ainda alegam que há poucos caminhões disponíveis para realizar entregas nesta época do ano, levando parte das indústrias a utilizar a pluma em estoque.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink