Algodão/CEPEA: Demanda e alta externa elevam preços no Brasil

Agronegócio

Algodão/CEPEA: Demanda e alta externa elevam preços no Brasil

Nos últimos dias, indústrias estiveram mais ativas
Por:
767 acessos

Os preços do algodão continuam firmes no mercado brasileiro, conforme dados do Cepea. A sustentação vem do maior interesse comprador e das altas nos preços internacionais. No mercado brasileiro, entre 24 e 31 de maio, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias subiu 5,18%, fechando a terça-feira a R$ 2,3175/lp – no acumulado de maio, o Indicador registrou baixa de 21,05%. Nos últimos dias, segundo informações do Cepea, indústrias estiveram mais ativas. Algumas têxteis, com necessidade de adquirir pequenos lotes para continuar a produção até a entrada mais intensa da safra 2010/11, acabaram oferecendo preços maiores que os de períodos anteriores. Vendedores, no entanto, animados com as recuperações dos preços externos, pediram valores ainda maiores.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink