Algodão/CEPEA: Retração compradora e paridades pressionam cotações

Agronegócio

Algodão/CEPEA: Retração compradora e paridades pressionam cotações

Liquidez esteve ainda menor nos últimos dias
Por:
1380 acessos

Entre 23 e 30 de novembro, o Indicador CEPEA/ESALQ para pagamento em 8 dias teve queda de 2,8%, fechando a terça-feira (30) a R$ 2,6816/lp. No mês, o Indicador subiu 11,32%. Com os preços externos em queda, pressionando as paridades de importação e exportação, alguns vendedores brasileiros passaram a ser mais flexíveis nas ofertas, ao mesmo tempo em que a maior parte dos compradores recuou. Entre os vendedores, segundo pesquisas do Cepea, esse comportamento refletiu a necessidade de “fazer caixa” e, em alguns casos, a intenção de liquidar os lotes restantes da safra 2009/10. Do lado comprador, prevaleceu a efetivação apenas para o consumo de curto prazo, conforme levantamentos do Cepea. Assim, a liquidez esteve ainda menor nos últimos dias.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink