Algodão/CEPEA: Valores externos pressionam cotações no Brasil

Agronegócio

Algodão/CEPEA: Valores externos pressionam cotações no Brasil

Preços tiveram quedas expressivas nos últimos dias no mercado internacional
Por:
784 acessos

Os preços do algodão tiveram quedas expressivas nos últimos dias no mercado internacional. Segundo pesquisadores do Cepea, com a pressão externa, as cotações no Brasil se mantiveram praticamente estáveis na primeira metade da semana passada, mas voltaram a ceder na quinta-feira, 9. Entre 7 e 14 de junho, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias recuou 2,84%, fechando a terça-feira a R$ 2,2755/lp. No mês, o Indicador passou a acumular baixa de 1,81%. Enquanto alguns vendedores se mostraram mais ativos nos últimos dias, especialmente aqueles que realizaram poucas vendas antecipadas, indústrias continuaram relutantes em aceitar os valores pedidos. Com isso, a liquidez segue baixa, conforme pesquisas do Cepea. No geral, porém, um fator que preocupa compradores é a grande quantidade da produção deste ano já vendida antecipadamente para o mercado externo, o que deve fazer com que produtores se atentem ao cumprimento desses contratos nos próximos meses.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink