Algodão registrou a maior baixa diária permitida ontem
CI
Agronegócio

Algodão registrou a maior baixa diária permitida ontem

No mercado interno, o indicador Cepea/Esalq para a libra-peso não variou e permaneceu em R$ 1,2301
Por:
Os principais contratos futuros do algodão registraram a maior baixa diária permitida ontem na bolsa de Nova York, pressionados pelo pânico derivado das incertezas sobre o pacote de socorro das finanças americanas. Os papéis para outubro fecharam a 55,06 centavos de dólar por libra-peso, em baixa de 300 pontos - mesma queda dos contratos com vencimento em dezembro, que encerraram o dia negociados a 57,38 centavos de dólar. Analistas consultados pela agência Dow Jones Newswires afirmaram o óbvio: o algodão não está imune à crise mundial, raciocínio que vale para as demais commodities agrícolas. No mercado interno, o indicador Cepea/Esalq para a libra-peso não variou e permaneceu em R$ 1,2301. No mês, há valorização de 3,01%.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.