Alimentação líquida diminui custos na produção de suínos
CI
Agronegócio

Alimentação líquida diminui custos na produção de suínos

Proprietário da melhor granja do Brasil conta sua experiência na PorkExpo 2010
Por: -Marianna
Proprietário da melhor granja do Brasil conta sua experiência na PorkExpo 2010

Curitiba – A experiência de sucesso da Granja Rhaetia 101, ganhador do Prêmio Melhores da Suinocultura Agriness 2009-2010, foi compartilhada pelo seu proprietário, Wienfried Matthias Leh, durante a PorkExpo 2010. “Esta premiação tem tudo a ver com a alimentação líquida que implantamos há 15 anos”, relatou.

O método, que consiste em misturar a ração seca com água ou co-produtos líquidos, é muito comum na Europa, onde 50% da produção de suínos utiliza este método. Na Holanda, este número chega a 70%. “No Brasil, este indicador fica entre 0,8% a 2%; ainda utilizamos a escola norte-america e temos muita a aprender com a escola européia”, afirmou Wienfried.

Os benefícios desta alimentação, que deve ser servida no cocho são muitos, como o aumento do bem-estar animal, gerado pela eliminação do pó da ração, a diminuição do desperdício e dos custos. Além disso, este processo facilita a utilização de co-produtos, como antibióticos solúveis, que podem ser introduzidos na mistura. A alimentação líquida também supre de 70% a 80% das necessidades diárias de água dos suínos.

O sistema computadorizado implantado na granja de Wienfried Matthias Leh resulta em um manejo simples, eficiente e preciso da alimentação líquida, além de reduzir a mão-de-obra necessária para o serviço. Com isso, o produtor garante uma dieta balanceada, servida em horários rigorosos e distribuída de forma precisa.

Nos 15 anos de utilização da alimentação líquida, Wienfried economizou R$ 2.816.160,00 apenas em ração e mão-de-obra na Granja Rhaetia 101. O ganho estimado por ele no mesmo período foi de R$ 3.958.829,00.

Por todos estes motivos, Wienfried Matthias Leh acredita que a alimentação líquida é uma tendência, assim como o emprego de novas tecnologias na produção de suínos.

A jornalista viajou a convite da Editora Animal World.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink