Alta externa e demanda aquecida impulsionam valores

Café

Alta externa e demanda aquecida impulsionam valores

Apesar da queda pontual dos preços de café na segunda-feira, 22, os valores continuam em alta no mercado brasileiro
Por:
179 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

Apesar da queda pontual dos preços de café na segunda-feira, 22, os valores continuam em alta no mercado brasileiro. Informações do Cepea apontam que a elevação das cotações de arábica e robusta está atrelada ao aumento nos valores externos de ambas as variedades e à maior demanda. O Indicador CEPEA/ESALQ do café arábica tipo 6, bebida dura para melhor, fechou a R$ 456,81/saca de 60 kg, avanço de 3% entre 16 e 23 de outubro.

Quanto ao robusta, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 finalizou a R$ 335,17/sc, aumento de 0,34% no mesmo comparativo. Segundo pesquisadores do Cepea, a alta das cotações atraiu um maior número de vendedores nos últimos dias e a liquidez esteve elevada. Entretanto, com o recuo na segunda-feira e a aproximação do segundo turno das eleições, agentes voltaram a se afastar do mercado nesta semana, dificultando o fechamento de novos negócios.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink