Ampliação da capacidade portuária beneficiará arrozeiros gaúchos
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
AGRICULTURA

Ampliação da capacidade portuária beneficiará arrozeiros gaúchos

Obras nos terminais do Porto do Rio Grande atendem a demanda por exportações
Por:

O painel “Os novos investimentos de logística e armazenamento que irão influenciar as exportações do arroz gaúcho” trouxe para o público da 31ª Abertura da Colheita do Arroz e Grãos em Terras Baixas as novidades mais recentes em relação à ampliação da capacidade operacional do Porto do Rio Grande. Participaram do debate o superintendente do Terminal Logístico do Arroz, Fernando Fuscaldo Júnior, e o superintendente da CCGL, Guillermo Enrique Dawson Júnior.

As apresentações tiveram como foco o investimento no Terminal Marítimo Luiz Fogliato S.A. - Termasa, que deve concluir as obras no período de três anos. Dawson enfatizou a importância de tornar realidade um projeto iniciado em 2008, mas que vinha enfrentando entraves burocráticos desde então. “O último investimento de grande porte em píer foi em 1992, há uma necessidade de modernização das estruturas de operação de granéis agrícolas”, destacou, informando que a reforma permitirá o ancoramento de navios de grande porte, necessários para dar vazão à produção de grãos e garantir a competitividade no mercado. “Temos que pensar 50 anos para a frente”, afirmou. O investimento previsto é de R$ 676 milhões.

Já o Terminal Logístico do Arroz (TLA) foi destacado por Fuscaldo Júnior como essencial para o setor orizícola. Criado no ano passado, atua em conjunto com o Terminal Graneleiro - Tergrasa, que possui silos especializados para armazenagem das diferentes variedades de arroz. “Precisamos do TLA e demais para atender a demanda de exportações, que vem crescendo”, afirmou.

Com o tema “Os Novos Rumos do Sistema de Produção”, a 31ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz ocorre até a próxima quinta-feira, dia 11 de fevereiro, em formato híbrido, com opções on-line no site do evento e presencial na Estação Experimental Terras Baixas, da Embrapa Clima Temperado, em Capão do Leão (RS). A realização é da Federarroz, correalização da Embrapa e patrocínio premium do Irga e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Informações em www.colheitadoarroz.com.br ou pelo aplicativo Colheita do Arroz.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink