Ana Amélia critica protecionismo da Argentina no comércio com o Brasil

Agronegócio

Ana Amélia critica protecionismo da Argentina no comércio com o Brasil

Não podemos, dentro da cordialidade do Mercosul, aceitar a imposição desse protecionismo - afirmou
Por:
671 acessos

Em pronunciamento na última quinta-feira quinta-feira (28-04), a senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou as barreiras protecionistas impostas pela Argentina no comercio bilateral com o Brasil.

A senadora explicou que 85% das máquinas e equipamentos agrícolas produzidas no Brasil são exportados para a Argentina, que ao mesmo tempo se vale de barreiras protecionistas que prejudicam a indústria brasileira, sobretudo as unidades localizadas no Rio Grande do Sul.

A prática, segundo a senadora, vem gerando demissão nas indústrias gaúchas e ameaça de novos cortes, além de impor mudanças no ritmo de produção das empresas locais para reduzir a crise.

Ana Amélia disse que o sindicato das indústrias gaúchas tem reivindicado do governo brasileiro uma atitude mais ativa nesse processo, para evitar que o futuro da relação comercial acabe afetando também as relações diplomáticas entre o Brasil e a Argentina.

A senadora ressaltou ainda que as medidas protecionistas da Argentina tendem a se agravar em função da disputa interna naquele país, por conta das eleições em 2011.

- Não podemos, dentro da cordialidade do Mercosul, aceitar a imposição desse protecionismo - afirmou.

Em aparte, o senador Casildo Maldaner (PMDB-SC) manifestou apoio ao discurso da senadora.

Ensino Técnico

Antes de concluir seu discurso, Ana Amélia saudou a iniciativa do Executivo em lançar o Pronatec, programa nacional destinado ao ensino técnico, mas advertiu que o governo também precisa zelar pela qualidade dos equipamentos e da oferta do ensino a ser oferecido a adolescentes e adultos, como forma de qualificá-los para o mercado de trabalho.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink