Análise Agrolink: Milho cai com perspectiva de estoques maiores
CI
Agronegócio

Análise Agrolink: Milho cai com perspectiva de estoques maiores

Os futuros foram negociados em forte baixa no dia seguinte ao relatório do USDA
Por: -Leonardo Gottems
A Bolsa de Cereais de Chicago registrou na sexta-feira (10.05) baixa de US$ 0,06 no preço do milho nos contratos comercializados para Maio deste ano. Os futuros foram negociados em forte baixa no dia seguinte ao relatório do USDA, que aumentou a estimativa de estoques finais 2012/13 – o que foi considerado ruim para a direção de mercado. Esses estoques ficaram em 759 milhões de bushels, contra 757 milhões em abril. 


Os estoques finais 2013/14 foram estimados em 2.004 milhões de bushels, acima das estimativas do mercado, de 1.993 milhões. A produção média norte-americana de milho foi reduzida em relação à estimativa anterior, ficando em 158 bushels por acre, enquanto a área plantada foi estimada em 97,3 milhões de acres. 


A demanda de exportação foi reduzida em 200 milhões de bushels em relação à estimativa anterior, para 1,3 bilhão de bushels. Os estoques finais mundiais ficaram em 125,43 milhões de toneladas para a campanha de comercialização 2012/13, e os estoques finais de 2013/14 subiu para 154,63 milhões – acima das estimativas de mercado de 151,70 milhões. 


A produção do Brasil se manteve em 72 milhões de toneladas, enquanto o mercado estima um aumento para 74,7 milhões. A produção argentina foi fixada em 27 milhões de toneladas, contra 26,50 milhões projetadas em abril.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.