Andef alerta para a necessidade de agilizar registros de defensivos
CI
Agronegócio

Andef alerta para a necessidade de agilizar registros de defensivos

O alerta foi feito no MAPA, durante a reunião da Câmara Temática de Insumos Agropecuários
Por:
O diretor executivo da Andef, Eduardo Daher, apontou a necessidade de maior atenção para o registro de novos ingredientes ativos. O alerta foi feito na segunda-feira (28-11), no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), durante a reunião da Câmara Temática de Insumos Agropecuários, CTIA. Daher destacou os aspectos positivos do crescimento da agricultura brasileira e lembrou que as estruturas devem caminhar na mesma direção.

Ao mencionar a lentidão no processo de registro de novas moléculas, o diretor da Andef lembrou a importância de tecnologias disponíveis no mercado para atender à demanda das culturas em todo o país. "Já houve um alerta de técnicos e autoridades da Agricultura para a presença de novas pragas no país, contra as quais é necessária urgente aprovação de produtos. A morosidade no registro prejudica o agronegócio e pode acarretar imensos prejuízos para os agricultores e para a economia brasileira", afirmou Eduardo Daher. "Dobramos a produção agrícola; hoje, somos os maiores exportadores e reduzimos o valor da cesta básica. Ou seja, é preciso que as estruturas caminhem junto conosco e não no sentido inverso", ressaltou.

Mercado de defensivos

De janeiro a outubro deste ano, as vendas acumuladas de defensivos - herbicidas, fungicidas, inseticidas, acaricidas e outros - apontaram um crescimento de 10%. Em 2011, o mercado de defensivos movimentou R$ 10,199 milhões e, em 2010, foram R$ 9.278 milhões. De acordo com o dirigente da Andef, o aumento foi impulsionado, principalmente, pelas culturas de soja, cana, milho, algodão, café e pastagem.

No segmento de herbicidas houve crescimento nos mercados de cana, soja, algodão, milho, feijão e pastagem. Entre os fungicidas o crescimento ocorreu nos mercados de café, soja, algodão, trigo e feijão. No segmento de inseticidas o crescimento deu-se nos mercados de soja, cana, algodão, café e citros.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.