Andef participa do 3º Fórum Abisolo

Agronegócio

Andef participa do 3º Fórum Abisolo

O diretor-executivo da Andef, José Otavio Menten, esteve na abertura do evento e falou sobre a importância da ciência e da tecnologia na produtividade e sustentabilidade da produção vegetal
Por:
161 acessos
A 3ª edição do Fórum Abisolo teve início ontem, na Esalq - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, e reuniu mais de 20 renomados profissionais do setores agrícola e de pesquisa.

O diretor-executivo da Andef, José Otavio Menten, esteve na abertura do evento e falou sobre a importância da ciência e da tecnologia na produtividade e sustentabilidade da produção vegetal. 'Os defensivos agrícolas são parte integrante do Manejo Integrado de Pragas e têm como papel defender as lavouras dos mais diversos tipos de inimigos naturais, responsáveis hoje pela perda de até 40% dos danos no campo, segundo a FAO. Os herbicidas, por exemplo, exercem papel relevante no sistema Plantio Direto'. Menten citou ainda os 35 anos comemorados em 2009 pela Associação e sua importância no setor de defesa vegetal no Brasil, ao levar inovação e soluções.

A agenda do evento conta com 16 palestras, uma delas internacional, e cinco painéis de debates. Nesta terceira edição, o fórum também destaca o Plano Biomassa, campanha lançada no final de 2008 pela Abisolo, que visa elevar os teores de matéria orgânica presente nos solos brasileiros, passando dos atuais 2% para até 5% nos próximos cinco anos. Isso deve ser possível com a utilização de insumos produzidos à base de carbono.

Na agenda do evento de hoje, que teve início às 8h, a pesquisadora da Embrapa de Jaguariúna, Adriana Pires, discutirá sobre os impactos de produtos de resíduo animal, industrial e urbano na Agricultura e no Meio Ambiente, seguida da palestra de Fábio Lopes Olivares, da Universidade Estadual Norte Fluminense, sobre insumos biológicos baseados em substâncias húmicas. Os aspectos da fisiologia vegetal na absorção de nutrientes pelas folhas é o assunto do biólogo Gilberto Barbante Kerbauy, da USP (Universidade de São Paulo).

Às 11 horas tem início um debate e a programação segue à tarde, com palestras sobre a qualidade dos fertilizantes foliares, as técnicas de compostagem, rastreabilidade e normatização da atividade no Brasil e a maximização de processos biológicos integrada à eficiência no aproveitamento de fertilizantes. Às 8h45 de amanhã, o canadense Jeffrey Norrie traz à discussão o uso de extratos de algas na Agricultura.

Pela primeira vez em Piracicaba, a Abisolo (Associação das Indústrias de Fertilizantes Orgânicos, Organominerais, Biofertilizantes, Adubos Foliares, Substratos e Condicionadores do Solo), organizadora e promotora do evento, espera cerca de 300 pessoas no fórum, patrocinado pelo Grupo Bio Soja, Produquímica e Rigrantec, com apoio do Grupo de Apoio à Pesquisa e Extensão (Gape), Esalq e Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento. As duas edições anteriores foram realizadas em Campinas e em Brasília. O Fórum termina nesta quarta-feira.

Com informações do jornal Gazeta de Piracicaba
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink