Anfavea prevê maior exportação de tratores


Agronegócio

Anfavea prevê maior exportação de tratores

Por:
1 acessos

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) prevê para 2003 um crescimento superior a 10% nas exportações de máquinas agrícolas. As exportações do ano passado foram positivas para o setor de máquinas agrícolas. As empresas obtiveram uma arrecadação de US$ 642,85 milhões nos embarques ao exterior. O volume dos doze meses de 2002 é 17,4% superior ao registrado no período anterior, quando foram exportados US$ 547,61 milhões em máquinas.

O aporte de R$ 800 milhões na linha de financiamento de máquinas agrícolas do Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas, Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota), feito no final de fevereiro, foi um sinal que a linha será mantida para o próximo plano de safra, a ser anunciado no segundo semestre deste ano.

"No plano 2002/03 o governo liberou R$ 1 bilhão. Em novembro do ano passado foi necessário um aporte de R$ 790 milhões e em fevereiro agora mais esse de R$ 800 milhões", afirma Persio Pastre, vice-presidente da Anfavea e executivo da Case-New Holland. Segundo Pastre, o novo governo foi cauteloso na liberação dos novos recursos, mas perceberam que a linha é fundamental para o setor e tem trazido bons resultados.

Além da manutenção da linha para o novo plano, a Anfavea espera que sejam liberados R$ 2,7 bilhões. "A média de captação do setor é de R$ 250 milhões por mês. Esse aumento significativo é explicado pelo aumento dos preços de produtos e da demanda por tratores e por colheita-deiras", diz Persio Pastre.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink