Angus promove com sucesso curso de melhoramento genético
CI
Agronegócio

Angus promove com sucesso curso de melhoramento genético

As aulas aconteceram na Cabanha dos Tapes, em Arambaré (RS), região próxima a capital Porto Alegre
Por:
A 7ª edição do Curso de Melhoramento Genético da Raça Aberdeen Angus – Formação de Avaliadores do Promebo, promoção da Associação Brasileira de Angus em parceria com a Gensys Consultores Associados e Associação Nacional de Criadores (ANC), reuniu grupo de 32 alunos para jornada de dois dias de aulas teóricas e atividades práticas de manejo. Na avaliação da organização, momentos depois do término das atividades propostas, o curso pode ser considerado um sucesso em termos de presença de público e índice de aprovação dos discentes.


“Como a seleção genética dos rebanhos Angus no Brasil vem evoluindo rapidamente, houve uma preocupação da Angus em qualificar e capacitar os técnicos responsáveis pela seleção genética da raça. Por isso, modernos conceitos relacionados ao melhoramento genético foram abordados no curso, que teve ótima aceitação por parte dos presentes”, explica Jean Soares, assistente técnico da Angus, lembrando que o curso contou com a presença de estudantes, técnicos, produtores e profissionais.

O grupo bastante heterogêneo contou com a participação de alunos vindos de todas as regiões do Rio Grande do Sul e também de São Paulo, sendo que todos se mostraram satisfeito com o resultado, principalmente considerando a dinâmica das aulas que mescla apresentação de conteúdo teórico com demonstrações e testes práticos para avaliar, por exemplo, o conhecimento da turma em termos de padronização racial do gado Angus e critérios de avaliação genética exigidos pela associação, destaca Juliana Brunelli, gerente da Angus.


As aulas aconteceram na Cabanha dos Tapes, em Arambaré (RS), região próxima a capital Porto Alegre. Leonardo Campos, coordenador técnico do Promebo, avalia como muito positiva a iniciativa de reunir os alunos para administrar conhecimento técnico sobre o melhoramento genético do Angus. “A realização do curso de Melhoramento Genético Angus é requisito obrigatório para o credenciamento de novos avaliadores para coleta de dados a campo do programa Promebo – Angus”, destaca.

Jean Soares chama a atenção para os seguintes temas que foram abordados: Princípios da Seleção Genética; Uso de relatórios genéticos; Avaliação de Escores Visuais (CPMT – teórico e prático); Programas da associação ligados ao melhoramento genético; e, A genética na qualidade de carne. “O principal destaque do curso foi a palestra do professor Jaime Tarouco, do Departamento de Zootecnia da Faculdade de Agronomia da UFRGS, que apresentou a técnica de ultasson de carcaças aos presentes”.


Segundo a consultora técnica da Gensys Consultores Associados, Fernanda Brito, o fato que mais merece destaque nessa edição do curso de melhoramento genético Promebo foi o grande interesse dos alunos pelas palestras e a interação entre alunos e professores que ocorreu de maneira bastante intensa durante os dois dias. “O conhecimento específico que é passado durante as aulas ajuda a formar os alunos para questões fundamentais na seleção genética envolvendo o controle de dados e o conhecimento dos detalhes que vão ajudá-lo a elaborar um bom relatório de avaliação genética”, declara.

Fernanda ainda administrou palestra aos alunos da sétima turma do Promebo sobre o tema seleção genômica, onde procurou introduzir conceitos desta nova ferramenta de seleção animal que cresce ano após ano no Brasil, segundo ela, já pensando no futuro quando certamente a técnica dividirá espaço no manejo das fazendas com os atuais métodos de avaliação pelo método comparativo das DEPs. “Acreditamos que no futuro próximo a seleção genômica vai atingir uma condição de avanço técnico que permitirá até mesmo ao produtor comum utilizá-la. E quando isso de fato acontecer será muito importante que os técnicos tenham um mínimo de conhecimento sobre ela e como usá-la”, conclui.


Thiago Schaan Salis, de 25 anos, participou como aluno da sétima turma do Promebo e se disse muito satisfeito com o conhecimento adquirido na parte de conhecimento específico da raça. Estagiário do corpo técnico da Angus em projeto desenvolvido em parceria com a unidade da Embrapa Pecuária Sul, em Bagé (RS), o jovem que é filho de criador de Angus, disse estar motivado para voltar para casa e colocar em prática no rebanho da família o conhecimento adquirido e melhorar ainda mais o rebanho que já tem.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.