Animais belos e rentáveis
CI
Agronegócio

Animais belos e rentáveis

Por:
Valorização de raças europeias é reflexo do processo de modernização da produção de carne

Não basta produzir bem, é preciso ter qualidade para que a carne chegue ao consumidor com alto valor agregado. Esta é a mensagem que os criadores de bovinos querem passar na 53ª edição da ExpoLondrina. No total, 17 raças e mais de 12 mil animais estão expostos no Parque de Exposições Ney Braga e, claro, sempre com novidades e animais cobiçados. Este ano, as raças inglesas como Hereford e Angus e seus respectivos cruzamentos - Braford e Brangus - estão entre os destaques pela beleza e melhoramento genético. Além disso, o Guzerá retornou ao evento depois de cinco anos. Já o Nelore, como sempre, ocupa o maior número de pavilhões com animais de alto potencial para cruzamentos.


O diretor de pecuária da ExpoLondrina, Afrânio Brandão, explica que animais como Nelore e Guzerá são importantes porque trazem "a rusticidade" que muitas vezes não é encontrada nas raças europeias . "O Guzerá é uma raça com maior resistência ao calor, suporta pouca alimentação e passou por uma evolução muito grande nos últimos anos. Já o Nelore é fundamental para o País, tem uma qualidade genética fantástica e importantíssimo para os cruzamentos com os animais europeus. Graças a esta genética, hoje conseguimos criar animais resistentes e com uma carne de extrema qualidade e suculência", explica ele.

Brandão relembra da evolução do rebanho na ExpoLondrina e no País de forma geral. Há 30 anos, um touro nelore era apresentado aos compradores com 700 quilos e sete anos de idade. Hoje, a idade máxima para a venda é de três anos, sendo que com um ano e meio ele já atingiu este peso. "Os criadores procuram a precocidade para o abate, aliado à melhoria da qualidade da carne. Em relação a preços, depende muito da época e do leilão. Já tivemos 'boom' de diversas raças, mas esta questão também oscila bastante", relata ele.


O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Guzerá (ABCG), Antonio Pitangui Salvo, explica que os criadores voltaram a se interessar pela raça devido à sua dupla aptidão, tanto para a produção de carne como leite. "No cruzamento industrial com raças europeias produtoras de carne o resultado é excelente. O mesmo acontece com as raças europeias leiteiras."

No caso das raças europeias, principalmente as inglesas, a movimentação também é interessante na Expo. O sócio proprietário da Rural Business Leilões, Elton Baccarin, explica que esta valorização acontece porque o País passa por um processo de modernização quanto à qualidade da carne. "As raças britânicas como Angus e Hereford e seus cruzamentos Brangus e Braford estão atendendo esta demanda."


A valorização acontece de forma substancial porque os programas de qualidade de carne das associações das raças e as alianças mercadológicas criadas por eles com os produtores conseguem elevar o preço do produto final. "Todos têm trabalhado com intensa dedicação em relação ao melhoramento genético. Grandes restaurantes e redes de fast-food tem aderido a estes produtos."

O criador da região de Ponta Grossa e vice-presidente da Associação Paranaense de Hereford e Braford, Pedro Henrique Klimovisz Gomes, explica que as raças não estão "na moda" no momento, mas já estão enraizadas no Estado e consideradas de alta qualidade. "Certamente, são raças que só tendem a evoluir no Paraná. Têm alto valor agregado e potencial para atingir um mercado final bem interessante."


Élton Baccarin, da Rural Business Leilões, ressalta ainda que o Paraná tem um lugar de destaque nesta produção de carne de qualidade e que Londrina está voltando a ser polo de cruzamentos industriais. Além disso, os valores da arroba do boi no Estado são os maiores comparados a outras localidades da região Centro-Sul. "A pecuária de forma geral está passando por um reajuste de preços, já que há seis meses isso não acontece. Acreditamos que até o final de julho, início de agosto, aconteça um incremento nos valores", complementa ele.

Victor Lopes

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.