ANPII elege nova diretoria

Agronegócio

ANPII elege nova diretoria

A nova administração apresentou aos associados um plano de trabalho, com diversas ações que visam o desenvolvimento do uso de inoculantes no Brasil
Por: -Renata
759 acessos
A Associação Nacional de Produtores e Importadores de Inoculantes (ANPII) elegeu, na quinta-feira, 18, durante Assembléia Geral Ordinária, em Curitiba, a nova diretoria para o biênio 2009/2011. Por unanimidade das empresas associadas, a chapa eleita foi a presidida por Rodrigo Ferreira de Oliveira, da Stoller do Brasil.

A nova diretoria é composta ainda pelo vice-presidente, Roberto Berwanger Batista, da Microquímica Indústrias Quimicas Ltda., pelo secretário, Rubens Buschmann Júnior, da Turfal e pelo tesoureiro, Ladislau Paes, da Nitral Urbana.

A nova administração apresentou aos associados um plano de trabalho, com diversas ações que visam o desenvolvimento do uso de inoculantes no Brasil. O objetivo é mostrar ao agricultor o valor que estes produtos agregam ao sistema produtivo das leguminosas.

ANPII

Duas palavras-chave resumem a eficiência no atual mundo dos negócios agrícolas: eficiência e produtividade. Dentro deste contexto, a Associação Nacional dos Produtores e Importadores de Inoculantes - ANPII tem procurado orientar agricultores, principalmente aqueles que produzem soja, da importância cada vez maior da utilização da tecnologia para fixação biológica de Nitrogênio. O objetivo da ANPII é prover conhecimento através de informações atualizadas sobre esta tecnologia de utilização crescente na agricultura que cada vez mais projeta os inoculantes também para outras leguminosas e importantes culturas.

Fundada em 1990, a ANPII congrega a grande maioria das empresas produtoras e importadoras de inoculantes para leguminosas, que em conjunto, respondem por mais de 80% da comercialização deste insumo biológico no Brasil. Com a missão de unir as empresas em torno de propósitos comuns, a ANPII tem como um de seus pontos básicos a difusão da tecnologia, levando ao agricultor, mais do que inoculantes de alta qualidade, a informação das vantagens que a fixação no nitrogênio apresenta na cadeia produtiva da soja, feijão e outras leguminosas.

Fazem parte da ANPII nove empresas: BASF, de São Paulo-SP; Bioagro, de Santa Maria-RS; Bio Soja, de S. Joaquim da Barra-SP; Cepron Agro, de Colombo-PR; Microquímica, de Campinas-SP; Nitral Urbana, de Pinhais-PR; Rizobacter do Brasil, de Londrina-PR; Stoller do Brasil, de Cosmópolis-SP e Turfal, de Quatro Barras-PR. As informações são de assessoria de imprensa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink