Apagão logístico já fez economia brasileira perder mais de R$ 5 bi

Agronegócio

Apagão logístico já fez economia brasileira perder mais de R$ 5 bi

Problema afeta principalmente Região Centro Oeste
Por:
1504 acessos
O ‘apagão’ logístico enfrentado pelos produtores de grãos – principalmente aqueles situados na região Centro Oeste, e que tentam escoar o resultado da "supersafra" nos portos do país causa preocupação ao governo federal, que teme pelo agravamento da situação da balança comercial. Segundo do Ministério do Desenvolvimento e da Agricultura, o déficit acumulado no 1º trimestre ultrapassa os R$ 5 bilhões. 

Mato Grosso, maior produtor de grãos do País, enfrenta a pior situação, devido a arcaica malha viária que serve o estado. Especialistas apontam uma defasagem de 20 a 30 anos só na malha rodoviária, já que a ferroviária é insignificante e pouco contribui para o escoamento dos grãos até os principais portos, localizados na região sudeste do Brasil.

Produtores de soja e milho – as comoditties que agregam mais peso positivo para a economia brasileira, têm enfrentado uma árdua labor para exportar os grãos, devido a filas que atingem até 100 quilômetros de extensão. 

A dificuldade para embarcar os grãos da supersafra já fez com que mega produtores como Eraí Maggi classificassem o governo como incapaz para gerir a infraestrutura nacional. O senador Blairo Maggi (PR-MT) também criticou a burocracia do governo federal.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink