Apicultores de MG investem práticas de produção para conquistar mercado

Agronegócio

Apicultores de MG investem práticas de produção para conquistar mercado

Neste sábado (18), produtores da região do Caraça passam por sobre a segurança na produção
Por: -Janice
250 acessos
Com o aumento das exigências internacionais em relação ao controle dos resíduos e à qualidade do mel brasileiro, apicultores da região do Caraça adotam boas práticas de produção para ampliar a participação no mercado. Desde o início do ano, seis apicultores participam do Programa Alimentos Seguro (PAS), realizado pelo SEBRAE-MG, e já mostram bons resultados.

Neste sábado (18), os seis produtores de Santa Bárbara, João Monlevade, Itabira, Barão de Cocais e Alvinópolis passam por novo treinamento sobre a segurança na produção.

Com o fim do embargo imposto pela União Européia os apicultores passaram a investir em qualidade para atender aos requisitos e voltar a exportar para a Europa. No PAS, eles recebem orientações, consultorias e treinamento para a implantação de ações de Boas Práticas e Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC).

Os apicultores aprendem sobre os perigos na produção, o manejo, a higiene pessoal e de utensílios, os cuidados na coleta e transporte dos favos, e ainda, a importância do registro de informações como datas de coleta do mel, controles de higienização e validade.

O produtor de mel de Santa Bárbara, Fernando Antônio Carioca, resolveu mudar todas as máquinas que não eram de aço inoxidável após participar do treinamento. "É um material que não contamina o mel e nem deixa resíduos", explica o apicultor.

Outra mudança foi a utilização de roupas apropriadas e exclusivas para o processo produtivo. Além disso todos os utensílios e equipamentos são limpos, esterilizados e guardados em locais apropriados.

Para o apicultor, o mais importante do programa é o diferencial competitivo que ele oferece. "Com qualidade quero aumentar minha produção para futuramente poder competir com preços melhores no mercado internacional", explica.

A produção dos seis produtores por ano é de, aproximadamente, 48 toneladas de mel, o que correspondeu a um faturamento médio de R$ 105 mil em 2008.

O PAS é um das ações que integram o projeto de desenvolvimento da apicultura na região do Caraça. A iniciativa é promovido pelo SEBRAE-MG em parceria com Cooperativa Produtores de Mel de Santa Bárbara (Coopermel), Prefeitura Municipal de Santa Bárbara, Agência de Desenvolvimento da cidade, Associação Comercial e Emater-MG. As informações são da assessoria de imprensa do SEBRAE-MG.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink