Aplicativo vai ajudar a identificar madeira de origem legal
CI
Agronegócio

Aplicativo vai ajudar a identificar madeira de origem legal

Sistema utiliza banco de dados oficiais
Por:

Um aplicativo lançado esta semana pelo Instituto BVRio, organização sem fins lucrativos, promete facilitar a verificação da legalidade da madeira brasileira. A ideia, segundo os idealizadores do projeto, é promover mecanismos de mercado que favoreçam o cumprimento de leis ambientais para evitar a compra de madeira de origem ilegal.

O presidente do instituto, Pedro Moura Costa, afirma que muitos mercados estrangeiros estão se fechando para a madeira amazônica, devido a diversos casos de ilegalidade florestal constatados no Brasil. Segundo ele, o aplicativo BVRio Madeira Legal é uma forma de ajudar a reverter esse cenário. Pedro Moura explica como funciona o sistema.

Sonora: “O sistema utiliza banco de dados oficiais. Ele começa com a documentação oficial relevante a cada lote de madeira e cruza essa informação com imagens de satélites processadas, tanto pelo governo quando por organizações não governamentais. Então, através do cruzamento desses dados, a gente consegue identificar aqueles manejos florestais que estão envolvidos em irregularidades e aqueles que estão com ficha limpa”.

O gerente de Monitoramento e Auditoria Florestal do Sistema Florestal Brasileiro (SFB), José Humberto Chaves, reconhece a praticidade do sistema criado pelo iBVRio, mas destaca que o aplicativo não tem a capacidade de reconhecer fraudes que possam surgir dentro dos sistemas federais.

Sonora: “Toda e qualquer iniciativa que busca conferir uma maior transparência é bem vista pelo Serviço Florestal brasileiro e pelo Ministério do Meio Ambiente. No entanto, se uma guia de transporte for emitida a partir de um crédito falso, isso, de forma alguma, o aplicativo vai conseguir identificar. Então a gente precisa buscar meios de garantir o fortalecimento da gestão florestal como um todo”.

Segundo José Humberto Chaves é preciso impedir que informações fraudulentas contaminem os sistemas dos órgãos ambientais e, consequentemente, iniciativas como a do iBVRio. Chaves informou que o SFB realiza diversas ações para combater a exploração ilegal de madeira e também deve lançar um aplicativo que vai permitir ao usuário rastrear a madeira de concessão.

Sonora: “O aplicativo do Serviço Florestal vai ser utilizado para consultar a rastreabilidade da madeira da concessão, ou seja, o usuário que estiver adquirindo uma madeira proveniente de uma concessão federal, ele vai conseguir visualizar todo o caminho percorrido, desde de a área que é objeto da exploração, passando pela serraria que processou a madeira até chegar no seu destino final”.

A previsão para lançamento do aplicativo do Sistema Florestal Brasileiro é no primeiro trimestre do próximo ano.

A plataforma do Instituto BVRio está disponível gratuitamente no site: madeira.bvrio.org e nas lojas virtuais para aplicativos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.