Apoio da Conab à comercialização cresce 250%

Agronegócio

Apoio da Conab à comercialização cresce 250%

Com a ampliação dos investimentos houve também uma mudança no perfil dos agricultores beneficiados e no volume de grãos negociados
Por:
556 acessos
Balanço recém-concluído pela Conab mostra que o apoio do governo federal à comercialização da safra cresceu cerca de 250% no primeiro semestre deste ano, quando comparado ao mesmo período de 2008. Foram disponibilizados R$ 1,45 bilhão, contra R$ 586,93 milhões. Os recursos são destinados ao escoamento da produção, compras por meio de contratos de opção e pagamentos de subvenções.

Com a ampliação dos investimentos houve também uma mudança no perfil dos agricultores beneficiados e no volume de grãos negociados. No ano passado o apoio se restringiu aos produtores de algodão e milho. Neste ano foram atendidos produtores de arroz, feijão, leite, milho, trigo e uva. Já o volume de produtos agrícolas saiu de 1,86 milhão de toneladas para 4,12 milhões de toneladas, além de 206,20 milhões de litros de leite e vinho.

“Neste ano, o governo teve que atuar desde o início da safra, diferentemente do ano passado, quando as ações se concentraram, principalmente, no fim da colheita e início da comercialização” diz o superintendente de Operações da estatal, João Paulo de Moraes. Segundo ele, o preço pago pelas principais commodities agrícola no primeiro semestre de 2008 garantia renda ao agricultor sem a necessidade de interferência do governo.

Os instrumentos utilizados também mudaram. Em 2008, o governo utilizou o Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor) e VEP (Valor de Escoamento do Produto). Já neste semestre, além destes dois, o governo lançou Contratos de Opção e Prêmios para o Escoamento do Produto (PEP). “A utilização desses mecanismos é necessária, tanto para garantir que o produtor receba uma remuneração justa quanto para evitar que o consumidor pague preços abusivos”, explica Moraes.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink