Aporte de grupos estrangeiros no biodiesel avança
CI
Agronegócio

Aporte de grupos estrangeiros no biodiesel avança

Cinco grupos já anunciaram investimentos, num aporte total de US$ 310 milhões
Por:
A aproximação de 2008 - data a partir da qual a mistura de 2% de biodiesel no diesel será obrigatória no país e as empresas passarão a comercializar o combustível sem intervenção governamental - estimulou o avanço dos investimentos de grupos estrangeiros no segmento. Até o momento, cinco grupos já anunciaram investimentos, num aporte total de US$ 310 milhões. Outros cinco grupos confirmaram ao Valor que prospectam negócios no Brasil.


O anúncio mais recente foi feito pelo grupo espanhol CIE Automotive, mais conhecido por sua atuação no mercado global de autopeças. No Brasil, a empresa mantém sete fábricas de autopeças. A empresa, em parceria com a brasileira Enercom, fundou a Naturoil e investiu US$ 40 milhões na construção de uma usina em São Paulo, que terá capacidade para produzir 200 milhões de litros de biodiesel por ano a partir de soja e deverá entrar em operação em 2008. O grupo informou, por meio de sua assessoria, que investirá em outros quatro projetos com biocombustíveis no país ao longo dos próximos meses.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink