Após queda, preços de suínos se estabilizam e mercado avalia melhora
CI
Suínos

Após queda, preços de suínos se estabilizam e mercado avalia melhora

Valores se mantiveram iguais em sete dos dez estados consultados
Por:

Os preços das bolsas de suínos se mantiveram estáveis após algumas semanas de queda apontadas por analistas. Em São Paulo, o preço da arroba atingiu R$ 59,60, ou R$ 3,15/kg vivo, segundo a Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), o que representou retração de 1,56%. Valores se mantiveram em sete dos dez estados consultados.  

O presidente da entidade paulista, Valdomiro Ferreira Júnior, avaliou que a entrada da massa salarial, o Dia das Mães e o estoque baixo na produção sugerem novos preços. A Scot Consultoria também prevê melhora no mercado de suínos nos próximos dias devido à maior circulação de dinheiro.

Em sete dos dez estados consultados pela Suinocultura Industrial os preços do suíno vivo se mantiveram iguais. São os casos do Rio Grande do Sul, cujo preço ficou em R$ 3,15/kg segundo a Associação de Suinocultores do Rio Grande do Sul (ACSURS); de Santa Catarina, que fechou a R$ 2,80/kg seguindo valores da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS); Mato Grosso, a R$ 2,86/kg; Mato Grosso do Sul, a R$ 3,50/kg; Goiás, cujo preço do suíno foi de R$ 3,30/kg; e Distrito Federal, a R$ 3,06/kg.

A bolsa de suínos de Minas Gerais, por sua vez, definiu o valor de R$3,30 para a comercialização do quilo do suíno vivo no Estado. O preço foi estabelecido entre os negociadores regionais, afirma a Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (Asemg).

Houve quedas na bolsa de suínos do Paraná, que passou de R$ 3,20 a R$ 3,10 o preço do quilo; e do Ceará, onde o quilo do porco era de R$ 5,30 e fechou a R$ 5,10 nesta semana.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink