APPA divulga balanço da movimentação de cargas nos Portos de Paranaguá e Antonina
CI
Agronegócio

APPA divulga balanço da movimentação de cargas nos Portos de Paranaguá e Antonina

Por:

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) apresentou os índices que demonstram a movimentação de fertilizantes, carga geral, granel líquido e granal sólido pelos terminais paranaenses. As importações de fertilizantes, no período de 1º de janeiro a 19 de junho, registraram 2,010 milhões de toneladas contra 1,621 milhão de toneladas movimentadas no ano passado. Até o momento, as importações do produto representam a metade do total movimentando em 2002, quando 4 milhões de toneladas chegaram ao porto.

Os embarques de carga geral pelo complexo portuário, no acumulado do ano, representa um incremento em comparação ao mesmo período do ano passado. No período foram movimentadas 2,025 milhão de toneladas, contra 1,838 milhão de toneladas no ano passado. Esse valor representa quase a metade de toda a movimentação de 2002, quando o Porto de Paranaguá movimentou 4,6 milhões de toneladas.

As operações portuárias de embarque e desembarque de granéis sólidos, entre janeiro e junho, representaram 10,2 milhões de toneladas, enquanto no mesmo período do ano passado o número chegou a 8,4 milhão de toneladas. Composto por cevada, milho, açúcar, sal, trigo, arroz, fertilizante e caulim, além de soja em grão e farelo, o setor de granéis sólidos representa grande parte da movimentação pelo Porto de Paranaguá.

As exportações dos produtos que compõem o setor de granéis líquidos, neste ano, estão registrando alta em relação ao ano passado. Aproximadamente, 2 milhões de toneladas já foram movimentadas, contra 1,4 milhão de toneladas no ano passado. Formado por produtos como óleos vegetais, derivados de petróleo, álcool e produtos químicos, o setor de granéis líquidos representa certo equilíbrio se for comparada a movimentação de cargas no mês de junho. São 120.488 toneladas em 2003, contra 126.078 em 2002.

Porto de Antonina

A movimentação de cargas congeladas representa, até 19 de junho, quase 30 mil toneladas a mais que em 2002. São 85 mil toneladas neste ano, contra 38 mil em 2002. As exportações de ferro registram 97 mil toneladas em 2003, contra pouco mais de 9 mil toneladas em 2002. Os embarques de madeira já representam quase 10 mil toneladas a mais que no ano passado São 61,5 mil toneladas em 2003, contra 52 mil toneladas em 2002.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.