Appa faz readequações e melhora operação no Porto de Paranaguá
CI
Agronegócio

Appa faz readequações e melhora operação no Porto de Paranaguá

Armazém 3B poderá receber alimentos e derivado
Por:
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) acaba de conceder o Certificado de Boas Práticas de Armazenagem para o armazém 3B do Porto de Paranaguá. O local, utilizado para armazenamento de carga geral, poderá receber a partir de agora alimentos e derivados.


Antes disso, apenas o Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) tinha este certificado e já não comportava receber mais cargas. Para adequar o espaço de acordo com as normas da ANVISA, a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) fez uma reforma geral no local. A pintura foi refeita, foi retirada a porosidade do piso, a ventilação do armazém foi adequada, o telhado reformado, além da limpeza geral e o controle de pragas.

“Antes de realizarmos estas adequações, o armazém ficava mais tempo ocioso. Agora que podemos receber a carga de contêineres sem restrição, o armazém fica cheio quase todo o tempo”, afirma o diretor empresarial da Appa, Lourenço Fregonese. Agora, a Appa está atendendo outras exigências da ANVISA para que o armazém possa receber também medicamentos.


Em dezembro, outro armazém da Appa – este no Corredor de Exportação - foi reformado para receber cargas a granel de alimentos e matérias primas utilizadas na indústria de alimentos.

Iluminação – A Appa está fazendo também a manutenção em todo o sistema de iluminação do Porto de Paranaguá. Foram cerca de R$ 100 mil em investimentos para recuperar e fazer a manutenção em mais de 1800 pontos de iluminação ao longo da área do cais e retro-área portuária.

O trabalho está sendo feito pela Seção de Manutenção Elétrica da Appa com o objetivo de aumentar a segurança nas instalações portuárias. A primeira fase do projeto foi realizada em dezembro, quando foram recuperaras e substituídas as instalações ao longo da faixa portuária. Agora, estão sendo feitos trabalhos no pátio de triagem, para preparar o local para a Safra 2012.


Os trabalhos são desenvolvidos numa altura média de 20 metros e envolve a substituição de refletores, lâmpadas, reatores, circuitos elétricos, caixas de comando e proteção elétrica e reparos no sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA). A manutenção corresponde a postes e refletores no pátio de triagem, pátio de veículos, píer de inflamáveis, terminal de álcool, centro administrativo e Avenida Portuária.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.