Aprosem/BA empossa diretoria para biênio 2012/13
CI
Agronegócio

Aprosem/BA empossa diretoria para biênio 2012/13

A Aprosem/BA nasce reunindo dez associados, que representam quase 90% dos produtores de sementes do estado
Por:
A primeira diretoria da recém-fundada Associação dos Produtores de Sementes da Bahia (Aprosem/BA) foi empossada na noite da quarta-feira (30-11), em cerimônia realizada no auditório do Hotel Saint Louis em Luís Eduardo Magalhães/BA. Com a finalidade de organizar e dinamizar o setor, a nova associação foi formalizada por representantes dos produtores de sementes de soja do oeste baiano em assembleia realizada no dia 23 de setembro.

A Aprosem/BA nasce reunindo dez associados, que representam quase 90% dos produtores de sementes do estado. Além disso, a criação de uma entidade estadual filiada a Associação Brasileira de Sementes e Mudas (Abrasem) fortalece a atuação da associação na Bahia, ajudando a conscientizar produtores sobre a importância do uso de sementes certificadas e a fiscalização do Ministério da Agricultura (MAPA) sobre comércio ilegal de sementes.

Celito Missio, primeiro presidente eleito da Aprosem/BA, explica que em princípio, a associação foi formada por produtores de sementes de soja, mas está aberta para produtores de sementes provenientes de outras culturas, como milho, algodão e forrageiras, as quais formam a base da cadeia produtiva de sementes na região oeste. “Nosso objetivo é agregar todo o sementeiro baiano interessado e independente de onde esteja localizado desde que esteja legalmente habilitado no Ministério da Agricultura”, explica Missio. Até 30 de dezembro o produtor de sementes que se associar será considerado sócio fundador da Aprosem-BA.

A Bahia tem uma produção anual de quase 100 mil toneladas de sementes , principalmente de soja, algodão e milho, que estão entre as culturas mais importantes para o País. O estado da Bahia exporta, hoje, sementes de soja para cinco estados da federação: Mato Grosso, Maranhão, Tocantins, Piauí e Pará, além de atender a maior parte da demanda interna deste insumo. Para Missio, o melhoramento genético, potencializado pelos recursos da biotecnologia, esta incorporando às plantas os mais variados eventos tecnológicos, que são levados até as lavouras dos agricultores através das sementes. “Todas as técnicas incorporadas a agricultura nos últimos anos não teriam tido o mesmo efeito se as sementes não tivessem evoluído. As sementes já representam o insumo de maior carga tecnológica disponível e responsável pelo aumento constante do teto de produtividade das culturas.”, observou.

Para o presidente da Abrasem, Narciso Barisan Neto, a nova associação é muito bem vinda. “Ficamos felizes em incluir no setor brasileiro de sementes um estado de grande representatividade. A Bahia tem uma produção próximo a 100.000 toneladas de sementes e a tendência é que esse número aumente ainda mais”, assegura.

Parceiras

A Aprosem tem como parceiras as seguintes empresas produtoras de sementes: Aurora, Cooproeste, Eliane, Líder, Morinaga, Oilema, Sementec, Talismã e Tecnoseeds. A primeira diretoria da associação, empossada para o biênio 2012/2013 conta com: Celito Missio (Diretor Presidente); Heinz Kudiess (Diretor Vice-presidente); Laerte Baechtold (1º Diretor Administrativo); Marco Alexandre Bronson e Souza (2º Diretor Administrativo); Antonio José Tarciso de Assunção (1º Diretor Financeiro); Valmor Gazola (2º Diretor Financeiro). O Conselho Fiscal ficou assim distribuído. Titulares: Anildo Kurek, Cristiane T.P Morinaga Faccioni, Jorge Luis Pinto Saldanha; Suplentes: Valter Gatto, Anderson Augusto Oliveira e Kleber Sosnoski.
ABRASEM

A Associação Brasileira de Sementes e Mudas a ABRASEM, fundada em 1972, congrega as Associações Estaduais de Produtores de Sementes e Entidades Representativas de todo o setor de sementes do Brasil, como Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes (Abrates), Associação Brasileira do Comercio de Sementes (Abcsem), Associação Brasileira de Obtentores Vegetais (Braspov) e Unipasto. Passando assim pelos setores de pesquisa, produção, multiplicação, beneficiamento, armazenamento e comercialização, objetivando uma representação institucional forte e atuante.

A entidade reúne 12 associações de produtores de sementes e mudas, 126 laboratórios, 332 unidades de beneficiamento, 1.200 unidades armazenadoras, além do segmento de pesquisa (obtentores). A entidade congrega 620 produtores associados, 42 mil agricultores, 4,4 mil técnicos e 16,6 mil vendedores, além de gerar 220 mil empregos diretos e indiretos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.