Aprosoja recebe delegação da Tailândia com interesse em soja

Agronegócio

Aprosoja recebe delegação da Tailândia com interesse em soja

País, segundo embaixador, quer ampliar ainda mais importação com Mato Grosso
Por:
1921 acessos

País, segundo embaixador, quer ampliar ainda mais importação com Mato Grosso

 

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) recebeu na quinta-feira (22) uma delegação da Tailândia, formada pelo embaixador do país no Brasil e por representantes do Ministério da Agricultura. O objetivo do grupo é conhecer e entender as tecnologias do cultivo da soja e de outros setores do agronegócio adotadas no Estado. 

Outra meta, de acordo com o embaixador Pitchayaphant Charnbhumidol, é ampliar a importação já existente entre o país e Mato Grosso. 

“Atualmente já importamos muita soja e algodão e desejamos continuar. Também queremos parcerias na tecnologia de produção e exatamente por isso, nos acompanha na delegação um especialista do setor que é do Ministério da Agricultura tailandês. Além disso, esperamos que futuramente possamos entrar no mercado de diamantes e do peixe tambaqui daqui do Estado”, explica.

O embaixador, que também esteve reunido com o governador Pedro Taques, se disse otimista com os encontros. “Nós tivemos reuniões muito produtivas e tratamos sobre áreas, investimentos, comércio, turismo e técnicas de agricultura. Eu espero que o Governo possa montar uma missão para que novas cooperações surjam”, destaca Charnbhumidol. 

Para a Aprosoja, receber a comissão tailandesa também é positivo. “A missão técnica da Tailândia visa conhecer o processo produtivo de Mato Grosso. Portanto, nós explicamos para eles como isso funciona, tanto para o milho como para a soja  e vemos isso com muitos bons olhos. É importante que os players internacionais venham a Mato Grosso e entendam nosso processo produtivo, que são realizados com foco no meio ambiente e com sustentabilidade. Isso é fundamental para que tanto eles conheçam melhor nossa realidade e, com isso conheçam as potencialidades, de forma que possamos ampliar o mercado consumidor”, afirma o gerente de Política Agrícola, Frederico Azevedo. 

A visita

Além de falar sobre agricultura, piscicultura, mercado de couro e joias, a delegação tailandesa se reunirá como o poder público para debater sobre biocombustíveis, ciências e tecnologia, turismo e educação. 

Na agenda com o Governo do Estado, eles ainda devem conhecer sobre os programas Desenvolve MT e Zona de Processamento e Exportação. Por fim, o grupo visita propriedades rurais no interior para conhecer sistemas de cultivo e produção de grãos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink