Aprosoja visitará mais de 50 municípios para fazer diagnóstico de safra em Mato Grosso

Agronegócio

Aprosoja visitará mais de 50 municípios para fazer diagnóstico de safra em Mato Grosso

Circuito vai a campo ouvir as demandas dos associados e traçar estratégias
Por:
773 acessos

Circuito vai a campo ouvir as demandas dos associados e traçar estratégias

O Circuito Tecnológico Etapa Soja começará a percorrer Mato Grosso novamente neste mês de outubro. De 17 a 28, um total de oito equipes visitará propriedades rurais para verificar o andamento da safra de soja 2016/17. O evento é uma realização da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

De acordo com o presidente da Aprosoja, Endrigo Dalcin, mais uma vez a intenção é a elaboração de um diagnóstico da safra de soja no Estado. Já que este é um momento de precaução do produtor rural, pois no ano-safra anterior houve problemas significativos. Dessa forma o Circuito vai a campo ouvir as demandas dos associados e traçar estratégias. Sendo que também serão verificadas questões técnicas como qualidade de sementes, fertilizantes e identificação de biótipos resistentes de plantas daninhas e pragas a defensivos agrícolas. O objetivo, mais uma vez, é identificar problemas e oportunidades de melhoria no manejo do sistema produtivo.

Conforme Nery Ribas, diretor técnico da associação, durante as duas semanas, serão visitados mais de 50 municípios de todas as regiões de Mato Grosso, percorrendo aproximadamente 27 mil quilômetros. A meta é realizar 600 visitas com aplicação de questionários e recolhimento de amostras para posterior avaliação em laboratório.

Antes de colocar o pé na estrada, os líderes de equipe do Circuito Tecnológico Etapa Soja participam de vários treinamentos. O primeiro deles será no dia 13 de outubro, sobre como fazer amostragem de sementes, sob coordenação do Indea. A ideia é orientar os supervisores de projeto da Aprosoja sobre os cuidados necessários para a coleta de sementes, de forma que todas as amostras sejam padronizadas. No dia seguinte (14), ocorre outro treinamento, desta vez sobre como preencher o questionário do circuito.

O conteúdo inclui desde os cuidados com a abordagem dos entrevistados até os critérios para a catalogação das plantas daninhas. O Circuito Tecnológico Etapa Soja deste ano começa em 17 de outubro, com visitas a propriedades das regiões Norte e Oeste de Mato Grosso. Na semana do dia 24, serão visitadas as regiões Sul, Norte e Leste.

As cidades que as equipes visitarão na primeira semana serão Americana do Norte, Brasnorte, Campo Novo do Parecis, Campos de Júlio, Claúdia, Comodoro, Diamantino, Deciolândia, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Itaúba, Juara, Juína, Lucas do Rio Verde, Marcelândia, Matupá, Nova Maringá, Nova Mutum, Nova Ubiratã, Santa Carmem, Santa Rita do Trivelato, São José do Rio Claro, Sapezal, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra, Tapurah, União do Norte, União do Sul e Vera.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink