Aprovado o zoneamento agrícola da soja para o MT e PR

Agronegócio

Aprovado o zoneamento agrícola da soja para o MT e PR

A soja adapta-se melhor à temperaturas do ar entre 20ºC e 30ºC
Por: -Renata
1395 acessos
O Diário Oficial da União publicou, nesta sexta-feira (14), a portarias número 184 e 185 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que define as localidades aptas para o plantio de soja estado do Paraná e do Mato Grosso, ano safra 2009/2010.

Estado do Paraná cultivou, na safra 2008/2009, uma área de 4 milhões de hectares de soja com uma produção de 9,5 milhões de toneladas, conforme dados do levantamento da Conab de junho de 2009. Já o Mato Grosso cultivou, na safra 2008/2009, uma área 5,8 milhões de hectares de soja com uma produção de 17,9 milhões de toneladas, conforme dados do levantamento da Conab de junho de 2009.

Os elementos climáticos que mais influenciam na produção da soja são a precipitação pluvial, temperatura do ar e fotoperíodo. A disponibilidade de água é importante, principalmente, em dois períodos de desenvolvimento da cultura: germinação/emergência e floração/enchimento de grãos.

A soja adapta-se melhor à temperaturas do ar entre 20ºC e 30ºC. A temperatura ideal para seu crescimento e desenvolvimento está em torno de 30ºC. A faixa de temperatura do solo adequada para semeadura varia de 20ºC a 30ºC, sendo 25ºC a temperatura ideal para uma emergência rápida e uniforme. O crescimento vegetativo da soja é pequeno ou nulo a temperaturas menores ou iguais a 10ºC. Temperaturas acima de 40ºC têm efeito adverso na taxa de crescimento.

O objetivo do estudo é identificar os municípios aptos ao cultivo e os períodos de plantio com menor risco climático.

Confira nos links abaixo as portarias que definem o zoneamento para o estado do Mato Grosso e no Paraná, ano safra 2009/2010:

Portaria 184, define o zoneamento para a soja no PR
 
Portaria 185, define o zoneamento para a soja no MT

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink