Área de grãos cairá 8,79% em Mato Grosso

Agronegócio

Área de grãos cairá 8,79% em Mato Grosso

A soja terá queda mais significativa chegando a menos 15%
Por: -Anelize Moreno
2 acessos

A área plantada da safra 2006/2007 de grãos terá uma retração de 8,79%, em Mato Grosso, de acordo com o terceiro levantamento de safra divulgado ontem pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Em relação à pesquisa anterior, divulgada em novembro, a queda na área de plantio será mais acentuada. Antes, a previsão era de redução de no máximo 8,2% nas extensões de plantio em comparação com o último ano agrícola.

Conforme o novo levantamento, a área de produção agrícola vai ocupar 7,049 milhões de hectares. Na safra 2005/2006 Mato Grosso plantou 7,728 milhões hectares. Da mesma forma que na pesquisa anterior, a soja era a única cultura a apresentar corte nas extensões de plantio – com correção para cima no índice de queda. No segundo levantamento da Conab, estimava-se redução de até 13% na área.

Agora, a previsão é que as extensões ocupadas com soja sejam 15% menores que no último ano agrícola. De acordo com a nova pesquisa, a oleaginosa vai ocupar 5,007 milhões de hectares. Na temporada 2005/2006 a área cultivada com o grão foi de 5,891 milhões de hectares. Anteriormente, esperava-se que a área caísse para até 5,125 milhões de hectares.

Ao contrário da soja, outras culturas como algodão, milho e arroz apresentarão aumento na área plantada nesta safra em relação ao ano agrícola anterior. O milho – cultura que ocupa a segunda maior extensão de plantio em Mato Grosso, atrás apenas da soja - terá expansão de 4% na área cultivada. A previsão é que 1,055 milhão de hectares sejam plantados com o cereal contra 1,014 milhão de hectares na última temporada.

O algodão terá o maior aumento nas extensões de plantio desta safra, ocupando 486,8 mil hectares. Como na temporada 2005/2006 a área semeada com a commodity foi de 366 mil hectares, a previsão é de elevação em 33%. Já o arroz apresentará expansão de 15% na extensão de cultivo, com a área saltando de 287,5 mil hectares (números da safra passada) para 330,6 mil hectares.

As plantações de sorgo, amendoim e girassol não apresentaram variação de área em relação à safra passada. Segundo o levantamento da Conab serão cultivados 114 mil hectares de sorgo, 17,3 mil de girassol e 7,3 mil de amendoim. Entre as culturas de menor expressão, o feijão apresentará aumento de 1,6% - a área vai passar de 30,5 mil para 31 mil hectares nesta safra.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink