Área de milho dos EUA deverá ser a maior desde 1944
CI
Agronegócio

Área de milho dos EUA deverá ser a maior desde 1944

Produtores estão se preparando para plantar 94,2 milhões de acres
Por:
(Reuters) - Produtores dos Estados Unidos vão semear nesta primavera a maior área com milho desde a Segunda Guerra Mundial, enquanto um clima mais moderado e seco elevou as expectativas de um plantio mais rápido, segundo mostrou uma pesquisa feita pela Reuters com 24 analistas, sinalizando um impulso aos estoques e preços mais baixos em 2012.


A pesquisa mostrou que produtores estão se preparando para plantar 94,2 milhões de acres, que poderão produzir uma safra recorde de 13,8 bilhões de bushels, com base em um rendimento médio de 161,4 bushels por acre. Isso superaria o recorde anterior, de 13,1 bilhões atingido em 2009.

Produtores devem plantar 75,3 milhões de acres com soja, pouco acima dos 75 milhões do ano passado.

A semeadura de milho, usado principalmente nas rações animais e para produção de etanol misturado à gasolina, começa nos Estados do sul em março e segue até o cinturão produtor de grãos do Meio-Oeste em abril, com o alívio do clima de inverno.

Os analistas entrevistados na pesquisa disseram que uma maior rentabilidade na produção do milho em relação à soja estimularia a expansão do cultivo, junto com áreas que não puderam ser semeadas no ano passado devido ao excesso de chuvas voltando à produção em 2012.


Uma média de 24 analistas estimaram em pesquisa da Reuters na segunda-feira a área de milho em 94,2 milhões de acres, 2,5 por cento acima do plantio do ano passado, de 91,9 milhões de acres, e 0,75 por cento acima da segunda maior área desde 1944, de 93,5 milhões de acres semeados cinco anos atrás.

O Departamento de Agricultura norte-americano vai divulgar suas primeiras projeções sobre plantio de milho e soja no final deste mês. Seu relatório mensal da safra, a ser divulgado na manhã de quinta-feira, deve projetar estoques finais de milho dos EUA em 791 milhões de bushels para o ano safra 2011/12, mínima de 16 anos.


"Se você olhar para o ponto de equilíbrio, você faz muito mais dinheiro cultivando o milho do que qualquer outra coisa", disse Sid Love, analista da Kropf & Love Consulting. "Não é nem uma disputa. De longe, a melhor safra é o milho."

Na segunda-feira, os futuros do milho fecharam a 6,4425 dólares por bushel. Os preços estão quase 60 por cento acima de cinco anos atrás, mas ainda 20 por cento abaixo da máxima de todos os tempos, de 7,9975 dólares, atingida no verão passado nos EUA.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.