Área plantada com grãos na China pode recuar 3%


Agronegócio

Área plantada com grãos na China pode recuar 3%

Por:
1 acessos

A área agrícola da China com plantações de grãos, como milho, arroz e trigo, poderá diminuir 3%, para 78 milhões de hectares este ano, em relação aos 80,5 milhões de hectares registrado no período anterior, devido a um plano do governo do país asiático para impedir a erosão do solo por meio da expansão das florestas, informou a Agência Estatal de Grãos.

A área plantada de arroz da China irá decrescer 4%, para 27 milhões de hectares, e a de milho, 2%, para cerca de 24 milhões de hectares, comunicou um relatório do China National Grain & Oils Information Center, afiliado à agência. Nada foi informado em relação à perspectiva de redução da área plantada de trigo.

A China transformou, no ano passado, 4,13 milhões de hectares de terras agrícolas em pastagens e florestas, como parte de um programa iniciado em 2001 para enfrentar a perda de terras produtivas, devido ao aumento da aridez, e à erosão do solo.

O governo chinês planeja comprar menos grãos a preços garantidos, a fim de reduzir a confiança dos produtores rurais na ajuda estatal, e auxiliar a frear o plantio de grãos, informou o centro chinês. A produção de grãos da China para 2003 poderá regredir em, pelo menos, 1,5%, para 450 milhões de toneladas, anunciou o órgão.

Trigo

As importações de trigo podem subir 32% este ano para 800 mil toneladas devido à menor produção.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink