Agronegócio

Áreas de algodão e milho crescem em Goiás

Pelo levantamento preliminar do IBGE, o algodão deverá ter aumento de área de 8,64%
Por: -Redação
22 acessos

O primeiro prognóstico de intenção de plantio da safra 2006/2007 em Goiás, realizado pelo Grupo de Coordenação de Estatísticas Agropecuárias (GCEA) indica crescimento da área plantada de algodão e milho, mas redução do cultivo de soja. Tanto que, na projeção geral de plantio, a área total, considerando todas as culturas, deverá ter redução de 8,52%, caindo de 3,669 para 3,421 milhões de hectares plantados. A produção, contudo, deverá ser maior, saltando de 10,571 milhões de toneladas em 2006 para 10,965 milhões de toneladas em 2007, em decorrência do aumento da produtividade.

Pelo levantamento preliminar do IBGE, o algodão deverá ter aumento de área de 8,64%, mas as entidades representantivas do setor produtivo, como a Associação Goiana dos Produtores de Algodão, acreditam que o avanço da cultura será bem maior, podendo atingir incremento de 20% na área plantada. Em 2006, o algodão ocupou área de 66 mil hectares em Goiás. Com relação ao milho, o crescimento previsto na primeira safra (verão) é de 4,52%, com a área saindo de 463,93 mil hectares este ano para 487 mil hectares em 2007. A maior queda deverá ser na cultura da soja, cuja área poderá ter redução de 13,91%, saindo de 2,492 milhões de hectares em 2006 para apenas 2,147 milhões em 2007.

No País

No Brasil, de acordo com projeção feita pela consultoria Agroconsult, a área plantada de todos os grãos deverá ter queda de 3,5%. Mesmo assim, a produção total deverá crescer cerca de 3%, impulsionada pela boa produtividade. A produção de milho pode crescer 1,1 milhão de toneladas, subindo de 31,6 milhões de toneladas colhidas em 2006 para 32,7 milhões de toneladas na próxima safra. Já a produção de soja, mesmo com redução de área, deverá crescer 1,9%, saindo de 52,6 milhões de toneladas este ano para 53,6 milhões em 2007.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink