Argentina: Cresce a hidrovia Paraná – Paraguai

TRANSPORTE

Argentina: Cresce a hidrovia Paraná – Paraguai

Comércio entre Argentina e Brasil pode aumentar através da hidrovia
Por: -Leonardo Gottems
632 acessos

O transporte fluvial de cargas sobre a Hidrovia Paraná – Paraguai, localizada na Argentina, tem tido um forte crescimento e é estratégico para o Mercosul. Este foi o destaque do economista-chefe da Bolsa de Comércio de Rosario, Júlio Calzada. Segundo Calzada, o uso dessa via pode aumentar em 20 milhões de toneladas em cinco anos frente aos atuais níveis de transporte de carga. O uso da hidrovia já representa 20% das cargas totais do país.

“O crescimento das cargas nos próximos cinco anos, desde Santa Fe até o Norte da hidrovia, estará no Brasil, com cinco milhões de toneladas de grãos, e na Bolívia que passará de cinco a 15 milhões de toneladas de minério de ferro a transportar, com o que se somarão 20 milhões de toneladas”, disse Calzada.

O economista destacou que em 1995 os barcos saíam do porto de Rosario com 22 mil toneladas de carga e hoje fazem com 47 mil. Na época, a capacidade de moagem da Argentina era de 50 mil toneladas por dia em todas as fábricas de óleo e azeites. “Atualmente temos uma capacidade de 200 mil toneladas”, afirmou.

Calzada ainda explica que o aprofundamento do uso da hidrovia é uma decisão acerta do atual governo. De Rosario para o Norte da Hidrovia saem 21 milhões de toneladas e aproximadamente 74 milhões vão deste porto ao Oceano Atlântico, principalmente com farelo e óleo de soja.

Na Argentina o total de cargas transportadas é de 450 milhões de toneladas e, portanto, 20% é transportada através da hidrovia. O grande potencial de crescimento é justamente porque os envios do Brasil através dessa forma é muito baixa. A Paraná-Paraguai se conecta com Rio Tietê e o principal polo produtivo do Brasil, no estado de São Paulo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink