Argentina: Já foi semeada mais de 86% da área prevista para o trigo 2009/10

Agronegócio

Argentina: Já foi semeada mais de 86% da área prevista para o trigo 2009/10

No de mantida a tendência, a semeadura registrará o triste recorde de ser a mais baixa de toda a história
Por:
520 acessos
Até o momento foram semeados 2,36 milhões de hectares de um total estimado em 2,75 milhões de hectares em todo o território nacional. Na mesma data de 2008 já tinham sido semeados 4,08 milhões de toneladas. Foi assim que indicou nesta quinta-feira (30-07) o informativo de evolução dos cultivos da Bolsa de Cereais de Buenos Aires.

Na mesma data do ano passado já tinham sido semeados 4,08 milhões de hectares. A projeção de semeadura do cereal na campanha 2009/10 a nível nacional se manteve em 2,75 milhões de hectares (igual a da semana anterior).

Desta forma, no caso dessa tendência ser mantida, a semeadura de trigo 2009/10 registrará o triste recorde de ser a mais baixa de toda a história argentina, desde que se tem registro dos cultivos.

“As precipitações não foram suficientes em Córdoba, La Pampa e somente parcial no oeste de Buenos Aires, onde os escassos plantios sofrem e agüentam a seca”, indicou o departamento de estimativas agrícolas da Bolsa de Cereais.

“As precipitações foram insuficientes no sudoeste de Buenos Aires mas as infreqüentes nevascas trouxeram umidade adicional, que permitirão às coberturas tardias resistir mais tempo pela insuficiência hídrica”, afirmou o informativo.

“No entanto, nos últimos dias a maior parte das semeaduras se concentrou no sudoeste de Buenos Aires, e mais lentamente em algumas zonas com excessos hídricos”.

“Esta zona de saturação hídrica em vários lugares é devida às excessivas precipitações acumuladas durante os últimos 30 dias”, informou a Bolsa de Cereais, e ainda completou que “esta condição impede semeaduras de ciclos curtos tardios, na espera de condições que permitam o ingresso da maquinaria agrícola”.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink