Argentina suspende importações do Paraguai por febre aftosa


Agronegócio

Argentina suspende importações do Paraguai por febre aftosa

Postos de fronteira se mantêm em alerta
Por:
1779 acessos
Buenos Aires (Prensa Latina) Argentina suspendeu em forma preventiva o rendimento ao país de toda mercadoria originária do Paraguai que possa servir como veículo de transmissão do vírus da febre aftosa, confirmaram hoje aqui fontes oficiais.

A medida faz parte do estado de alerta sanitária decretada a raiz de um novo contágio da doença na vizinha nação, indicou em um comunicado o Serviço Nacional de Previdência e Qualidade Agroalimentar (Senasa).

Ademais, agregou a dependência, nas zonas fronteiriças adotaram-se medidas extraordinárias de controle e prevenção necessárias para evitar o rendimento, por qualquer meio, de doenças vesiculares exóticas ou de alto risco.

Por enquanto, são 28 os postos de fronteira localizados nas províncias argentinas de Salta, Formosa, Chaco, Corrientes, Entre Rios e Missões que se mantêm em alerta, precisou.

O Senasa recordou que em setembro do passado ano foram já adotadas medidas restritivas, de controle e prevenção, com motivo de um foco de febre aftosa detectado em um estabelecimento pecuário do departamento paraguaio de San Pedro.

A partir de então, além de reger a alerta sanitária, o pessoal especializado da entidade desinfetou e controlou mais de 396 mil veículos de todo tipo -terrestres e fluviais- e mais de dois milhões de pessoas ingressadas ao país.
de fronteira
?
Detect language » Portuguese


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink