Argentina voltará a vender milho para a Rússia após 30 anos

Agronegócio

Argentina voltará a vender milho para a Rússia após 30 anos

A primeira remessa de 300.000 toneladas será enviada em janeiro de 2011
Por:
1166 acessos

BUENOS AIRES — A Argentina voltará a vender milho para a Rússia depois de três décadas e poderá abastecer um mercado com potencial de compra de três milhões de toneladas, informou a chancelaria este sábado.

"As autoridades do governo russo manifestaram sua disposição para a compra de até 3 milhões de toneladas de milho para consumo animal", destacou em comunicado, onde destaca que "é a primeira compra de envergadura feita pelo país desde o começo da década de 80".

A Rússia enfrenta uma seca sem precedentes, com gigantescos incêndios florestais no país, e reduziu suas previsões de colheira de cereais de 95 para 60 milhões de toneladas.

"A primeira remessa de 300.000 toneladas será enviada em janeiro de 2011, enquanto operadores russos avançarão nas negociações com empresas argentinas para completar as necessidades de abastecimento desse mercado", informou a chancelaria.

O acordo é resultado de uma missão oficial chefiada na Rússia pelo secretário de Comércio e Relações Econômicas Internacionais da chancelaria, Luis María Kreckler, que se reuniu com o vice-chanceler russo, Serguey Ryabkov, e o presidente da comissão mista russo argentina, Serguey Dankvert e funcionários dos Ministérios da Agricultura e Desenvolvimento Econômico.

A Argentina espera obter este ano um recorde na colheita de milho que alcançará os 22 milhões de toneladas, segundo estimativas privadas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink