Argentinos avaliam nitrogenados nos citros
CI
Imagem: Pixabay
MUNDO

Argentinos avaliam nitrogenados nos citros

O nitrogênio é um dos nutrientes mais estudados na produção de citros
Por: -Leonardo Gottems

Um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA) e pela Universidad Nacional del Litoral avaliou diferentes formas de aplicação de fertilizantes nitrogenados e determinou que a fertirrigação permite aumentar a produção de laranja e obter frutos maiores. Argentina está entre os principais países produtores de citros do mundo. Na província de Entre Ríos há aproximadamente 26% da superfície total do país para a atividade citrícola, que inclui o cultivo de tangerina, toranja, limão e laranja.

Alejandro Battistella, especialista em fertirrigação em fruteiras do INTA Concordia -Entre Ríos-, destacou que "a aplicação de fertilizantes nitrogenados é favorável ao cultivo de laranjas, neste caso, da variedade Salustiana". E acrescentou: "Através do uso da fertirrigação, técnica que permite a aplicação de fertilizantes em frações nas épocas e quantidades que a cultura exige, registramos um aumento na produção do fruto, maior quantidade de nutrientes nas folhas e um aumento no tamanho das laranjas.”

O nitrogênio é um dos nutrientes mais estudados na produção de citros, em grande parte devido à alta exigência exigida por esta cultura. Nesse sentido, Battistella explicou que “a adubação nitrogenada é benéfica para as frutas cítricas, pois elas requerem uma concentração ótima de nitrogênio para uma boa produtividade e qualidade dos frutos”.

Em Entre Ríos, os citrinos são produzidos em solos profundos, aluviais e de textura arenosa. Devido às características desses solos, a irrigação e a adubação devem ser realizadas de forma planejada e programada, pois sua má execução, somada à aplicação de altas doses de fertilizantes e às chuvas abundantes na região, promovem a lixiviação – processo por que formas móveis de nitrogênio, como o nitrato, penetram no perfil do solo e podem contaminar as águas subterrâneas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.