Argentinos estudam fungo que afeta soja

PESQUISA

Argentinos estudam fungo que afeta soja

"Conseguimos determinar uma possível rota alternativa de respiração"
Por: -Leonardo Gottems
3336 acessos

Pesquisadores do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA), da Argentina, trabalham sobre a suscetibilidade a misturas químicas de Cercospora sojina, um patógeno que causa uma mancha na soja. Esse conhecimento fornece uma ferramenta nova para o gerenciamento de doenças. 

Cercospora sojina  é um fungo que causa a doença conhecida como Frog-Eye Spot, uma das mais importantes na história da oleaginosa devido às perdas que ela pode causar. Portanto, no INTA San Luis eles estudam a sensibilidade do patógeno às misturas químicas em busca de alternativas para seu controle. 

María Belén Bravo, especialista em proteção de plantas do INTA, disse que a pesquisa - desenvolvida ao longo de quatro anos - fornece informações sobre a sensibilidade  in vitro  de  Cercospora sojina  a misturas de fungicidas usados para seu controle. "Conseguimos determinar uma possível rota alternativa de respiração como uma fuga ao modo de ação de um grupo químico de fungicidas comumente usado para retardar a progressão da doença", disse ele. 

No entanto, a pesquisa liderada por Bravo demonstra a variabilidade do fungo e sua resistência pode ser quebrada e, "embora atualmente não haja epidemias graves como as registradas em outros tempos, esta doença constitui um perigo permanente devido aos danos que causa", ele enfatizou. 

Por esse motivo, seis isolados de diferentes origens geográficas foram estudados: Venado Tuerto - Santa Fe -, Vuelta Obligado - Buenos Aires -, Selva - Santiago do Estero -, Nogoyá - Entr Ríos -, Pergaminho - Buenos Aires - e Cañada de Luque - Cordoba; todos obtidos na Coleção de Culturas do Centro de Referência de Micologia (Ceremic) da Universidade Nacional de Rosário. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink