Armazéns ociosos da Conab serão transferidos a estados e municípios

Agronegócio

Armazéns ociosos da Conab serão transferidos a estados e municípios

Primeira cessão foi feita para Chapadão do Sul (MS)
Por:
573 acessos

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) irá ceder armazéns que estão ociosos em diferentes regiões do país para atender a necessidades de produtores locais. A primeira cessão foi feita nesta quarta-feira (7) ao município de Chapadão do Sul (MS). A decisão, anunciada pelo ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), visa também desonerar a União pela manutenção dessas unidades.

São 177 armazéns no país e 17 em Mato Grosso do Sul. A Conab está fazendo levantamento de quais estão em desuso. O ministro Blairo Maggi adiantou que, em reunião com o presidente do  Banco do Brasil, Paulo Cafarelli, nesta quarta, decidiu pelo encerramento do programa voltado à construção de novos armazéns. O governo gasta de R$ 2 a R$ 3 milhões com o programa por ano, observou.

Blairo Maggi afirmou que houve mudança no pensamento e na direção de governo e que o papel da Conab deve estar voltado ao acompanhamento de safras e à política de preços. “A manutenção de armazéns se justifica apenas em raríssimos casos”. Por isso, acrescentou, o objetivo é ceder ou vender as unidades ociosas a estados e municípios, que poderão fazer parceria com a iniciativa privada.

O prefeito de Chapadão do Sul, Luiz Felipe Magalhães, se encarregará, durante o período de dois anos de cessão, de reformar e de equipar o armazém, que deverá atender aos produtores, especialmente os pequenos, da região. O evento teve a participação do governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, do presidente da Conab, Francisco Bezerra, de parlamentares e de vereadores.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink