Arrecadação da TEC pode financiar pesquisa


Agronegócio

Arrecadação da TEC pode financiar pesquisa

Por:
1 acessos

A cadeia produtiva do trigo quer o governo renove as políticas de incentivo à atividade. Entre as sugestões, está a destinação para a pesquisa, de parte do que é arrecadado com a Tarifa Externa Comum (TEC) cobrada para as importações do cereal oriundo de países não pertencentes ao Mercosul. No ano passado, o Brasil precisou importar 500 mil toneladas de fora do bloco. "O desenvolvimento científico e o conseqüente aumento da produtividade das lavouras são fundamentais para que o País conquiste a auto-suficiência", analisa o presidente do Sindicato da Indústria do Trigo do Rio Grande do Sul (Sinditrigo), Rogério Tondo.

As questões relacionadas à triticultura foram debatidas durante esta semana, em seminário promovido pelo sindicato, na Universidade Sebrae de Negócios (Usen), em Porto Alegre. Ontem, durante o encerramento do evento, a cadeia produtiva também apontou a necessidade de trabalhar a longo prazo os temas do setor. "Hoje os produtores estão recebendo altos valores pelo cereal, mas quem garante que esse quadro será permanente?", questiona Tondo. Os investimentos adequados em pesquisa poderão fazer com o Brasil se torne auto-suficiente em trigo em cerca de cinco anos, acredita o dirigente. Tondo lembra que os rendimentos nas lavouras dos gaúchos ainda são instáveis. "Enquanto um produtor colhe 3,5 mil quilos por hectare, seu vizinho pode estar colhendo 1,5 mil quilos", exemplifica. As propostas do segmento devem ser enviadas, em forma de documento, ao governo federal.

Os representantes da cadeia produtiva ainda pretendem reativar a Câmara Setorial do Trigo no Estado. Segundo Tondo, os trabalhos da câmara foram enfraquecidos nos últimos anos. O delegado federal do Ministério da Agricultura, Francisco Signor, apóia a iniciativa. "Os resultados só aparecerão quando o setor estiver organizado. Desde já, a delegacia está à disposição para coordenar a câmara setorial se for preciso", afirma.

A partir de agora, o Sinditrigo prepara o 5º Encontro Pré-Plantio de Trigo Safra 2003. Este ano o evento será realizado no dia 2 de abril, na Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs). O objetivo do encontro é transmitir especialmente aos produtores rurais as informações relevantes para o planejamento da safra. Devem participar representantes do governo, triticultores, industriais e empresas de sementes.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink