Arroz: quadro indica melhora


Agronegócio

Arroz: quadro indica melhora

Amanhã, há novo pregão de contratos de opção
Por:
563 acessos
Faltando menos de dois meses para a abertura da colheita do arroz no Rio Grande do Sul, o cenário para o setor, que enfrentou grave crise de preço na safra 2010/2011, melhorou. Um dos indicadores é o resultado do último leilão de recompra de contratos de opção no Estado e em Santa Catarina. A Conab negociou só 17,49% dos 3.704 contratos. Amanhã, há novo pregão da modalidade com mesma oferta.


Conforme o consultor Marco Aurélio Tavares, a baixa adesão significa que os produtores que participaram de leilões de opções em 2011 deverão optar pela entrega à União. "Exercer a opção é importante para consolidação de preços, pois enxuga a oferta no mercado." Com isso, o estoque de passagem pode atingir 1,8 milhão de toneladas. O fato de maior parte deste volume estar concentrado nas mãos do governo é outro fator para que a Federarroz projete o cenário mais otimista. Soma-se a isso a redução da área semeada. Conforme a Emater, a saca de 50 quilos - que chegou a ser vendida a R$ 17,00 no auge da crise - fechou 2011 a R$ 25,04.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink