Arroz/CEPEA: Baixos patamares preocupam orizicultor gaúcho

Agronegócio

Arroz/CEPEA: Baixos patamares preocupam orizicultor gaúcho

Os atuais patamares estão abaixo dos custos médios de produção
Por:
1199 acessos

O movimento de baixa nos preços do arroz em casca, observado desde agosto do ano passado, vem preocupando orizicultores do Rio Grande do Sul. Segundo colaboradores do Cepea, os atuais patamares estão abaixo dos custos médios de produção. Na segunda-feira, 17, o Indicador do Arroz Cepea-Bolsa Brasileira de Mercadorias/BVM&F (Rio Grande do Sul, 58 grãos inteiros) fechou a R$ 22,65/saca de 50 kg, recuo de 4,92% no acumulado de janeiro. De modo geral, na semana passada, indústrias estiveram processando arroz próprio ou liquidando o produto em depósito. À espera da nova colheita, compradores acreditam que os preços devem cair. Nesse cenário, produtores, que até têm se mostrado mais interessados em negociar o produto, estão cautelosos na comercialização.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink