Arroz/CEPEA: Depois de quase três meses de queda, cotações sobem

Agronegócio

Arroz/CEPEA: Depois de quase três meses de queda, cotações sobem

Indicador teve alta de 1,02%, fechando a R$ 25,76/sc de 50 kg na terça-feira, 16
Por:
1107 acessos

Após 13 semanas registrando quedas consecutivas, o Indicador do Arroz Cepea-Bolsa Brasileira de Mercadorias/BVM&F (Rio Grande do Sul, 58 grãos inteiros) teve alta de 1,02%, fechando a R$ 25,76/sc de 50 kg na terça-feira, 16. Na parcial de novembro, o Indicador acumula aumento de 1,72%. De modo geral, na semana passada, tanto indústrias como produtores aguardaram as definições para a realização do leilão de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP). Apesar do receio da maioria das indústrias gaúchas em conceder aumento no preço de compra do arroz em casca, algumas delas o fizeram, devido ao baixo interesse do produtor em vender seus lotes. Mesmo assim, segundo pesquisas do Cepea, orizicultores venderam poucos lotes, mantendo as atenções voltadas ao plantio da nova safra e ao volume de chuvas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink